fbpx
19 99646-7010 19 3496-1747

Habitação sorteia 76 casas em Mombuca

Prefeita Maria Ruth se emocionou durante evento que sorteou famílias (Foto: Divulgação/CDHU/Rafa Neddermeyer)
Prefeita Maria Ruth se emocionou durante evento que sorteou famílias (Foto: Divulgação/CDHU/Rafa Neddermeyer)

O sorteio de 76 casas para famílias de Mombuca aconteceu na quarta-feira, 20, no estádio municipal Augusto Avanci. O secretário estadual da Habitação, Flavio Amary, esteve presente.

“É uma benção estar aqui hoje e presenciar essa quantidade de gente sendo agraciada, recebendo, por meio do governo, a possibilidade de ter uma casa” disse Amary, durante o evento.

Do total de unidades, são 60 para a população em geral, seis para deficientes e quatro para idosos e seis reservadas para área de risco. Foram inscritas 394 famílias para o sorteio. Os critérios de enquadramento dos sorteados são definidos pela Caixa.

“Moro em uma casinha de favor com meu marido, ele é deficiente visual e o imóvel não tem nenhuma adaptação para ele, fica difícil. Quando escutei meu nome foi muita emoção, saber que agora teremos nosso cantinho e que poderem fazer as adaptações é uma benção”, disse a costureira Rosineire Souza da Silva, 49 anos, sorteada na urna para pessoas com deficiência.

A CDHU irá convocar os sorteados para cadastro e montagem do dossiê, que será encaminhado à Caixa para aprovação do financiamento das unidades.

O conjunto habitacional está sendo edificado na Rua Horácio Bertoche, s/nº, uma área bem localizada no centro da cidade. O empreendimento é viabilizado pela CDHU, que doou os lotes do terreno à Caixa e organizou o sorteio. Também há participação da Agência Casa Paulista, com um aporte de R$ 2,5 milhões. O banco federal licitou e acompanha as obras, além de investir R$ 5,1 milhões na intervenção. O investimento total no empreendimento foi de R$ 7,6 milhões.

Com 48,81 m² de área construídas, as casas têm:

  • dois dormitórios
  • sala
  • cozinha
  • banheiro e área de serviço

As moradias respeitam e incorporam as melhorias estabelecidas como diretrizes de qualidade pela Secretaria Estadual da Habitação, como:

  • piso cerâmico em todos os cômodos
  • azulejos nas paredes da cozinha e do banheiro
  • medição individualizada de água
  • acessibilidade, entre outras melhorias

Estado

Na região administrativa de Campinas foram entregues 103.730 moradias de interesse social. Outras 2.463 estão em obras. Essas unidades em andamento representam R$ 163 milhões em investimentos pelos dois braços operacionais da Secretaria de Estado da Habitação – CDHU e Agência Casa Paulista.

Deixe uma resposta