fbpx
19 99646-7010 19 3496-1747

Fraternidade e Políticas Públicas é tema da CF 2019

Campanha da Fraternidade 2019 (Foto: Divulgação/Diocese de Piracicaba)
Campanha da Fraternidade 2019 (Foto: Divulgação/Diocese de Piracicaba)

Abertura oficial da CF será dia 6 de março, Quarta-feira de Cinzas

Visando estimular a participação em Políticas Públicas, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja, para fortalecer a cidadania e o bem comum, com sinais de fraternidade, a Campanha da Fraternidade 2019 terá como tema “Fraternidade e Políticas Públicas”. O lema “Serás libertado pelo direito e pela justiça” (Is 1,27) buscará conhecer como são formuladas e aplicadas as Políticas Públicas estabelecidas pelo Estado brasileiro.

A Campanha da Fraternidade 2019 terá início no próximo dia 6 de março (quarta-feira de Cinzas), em todo o país. O lançamento oficial será às 10h, no auditório da sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília (DF). Na Diocese de Piracicaba, o lançamento também ocorrerá na quarta-feira, durante a missa de Cinzas celebrada pelo bispo diocesano Dom Fernando Mason, às 19h30, na Sé Catedral Santo Antônio, em Piracicaba.

A Igreja no Brasil, desde 1964, realiza a Campanha da Fraternidade e a cada ano propõe um tema e um lema específicos. O ojetivo é conduzir e orientar as reflexões nas comunidades e grupos de quarteirões para um despertar da consciência sobre a realidade social, visando à busca do bem comum.

Com este propósito o texto-base desenvolvido pela Comissão Nacional da CF 2019 traz um vasto conteúdo que visa incentivar a participação de todo cidadão na construção de Políticas Públicas em âmbito nacional, estadual e municipal. Dividido no método ver, julgar e agir, o subsídio aponta uma série de iniciativas que ajudarão a colocar em prática as propostas incentivadas pela Campanha.

Durante a Campanha da Fraternidade, as paróquias são chamadas a promover ações para despertar a consciência e o interesse dos cristãos leigos e leigas para a importância de se acompanhar quais são os projetos de Políticas Públicas de sua cidade e participar dos Conselhos paritários municipais.

Como parte desse despertar, a Diocese de Piracicaba, por meio da Equipe Diocesana da Campanha da Fraternidade, que tem como animador diocesano o diácono permanente Edgard Oliveira Batista, desenvolveu nas sete regiões pastorais, encontros de formação, que contou com a participação de mais de 1.500 agentes de pastorais e fiéis leigos e leigas.

“A receptividade e o interesse pelo tema da CF “Fraternidade e Políticas Públicas” foi acima das expectativas. A cada ano a Igreja por meio da CF nos impulsiona a termos gestos concretos de espiritualidade quaresmal visando o bem comum de toda a sociedade. Agora todos os que participaram dos encontros de formação são chamados a serem multiplicadores das informações recebidas em suas respectivas paróquias e comunidades”, disse o diácono Edgard.

Formada pelo diácono permanente Edgard Oliveira Batista, Animador Diocesano da CF, padre Kleber Fernandes Danelon, coordenador Diocesano de Pastoral, e dos leigos André Phillip Bertoletti, Antonio Salustiano Filho, Cesar Augusto Borgi, Jairo Brunini e Ivone Parro Lima, a equipe da CF desenvolve anualmente diversas ações tema sempre tendo como foco principal o tema e o lema da Campanha da Fraternidade, nas Regiões Pastorais e em encontros de formação das diversas pastorais e movimentos da diocese.

Quaresma

A Quaresma é momento litúrgico mais significativo em preparação para a Páscoa dos Católicos. São aproximadamente 40 dias. A caminhada tem início na Quarta-feira de Cinzas e se estende até a véspera na Quinta-feira da Semana Santa. Este ano, a Semana Santa será celebrada de 14 a 21 de abril, tendo como ápice o Tríduo Pascal (Quinta, Sexta-feira Santa e Sábado) e a Ressurreição do Senhor Jesus na Vigília Pascal e no domingo de Páscoa.

Mensagem do Papa Francisco

Extraído de Carta de São Paulo aos Romanos 8,19, a mensagem do Papa Francisco para a Quaresma de 2019 foi divulgada nesta última terça-feira, 26, pela Sala de Imprensa da Santa Sé e traz como tema “A criação encontra-se em expectativa ansiosa, aguardando a revelação dos filhos de Deus” (Rm 8,19). Nela, o Pontífice oferece algumas propostas de reflexão para um caminho de conversão durante o período quaresma.

O Pontífice destaca que a criação se beneficia da redenção do homem quando este vive como filho de Deus, isto é, como pessoa redimida. Neste mundo, porém, adverte Francisco, “a harmonia gerada pela redenção continua ainda – e sempre estará – ameaçada pela força negativa do pecado e da morte”. Com efeito, prossegue o Papa, “quando não vivemos como filhos de Deus, muitas vezes adotamos comportamentos destruidores do próximo, das outras criaturas, mas também de nós mesmos. Isso leva a um estilo de vida que viola os limites que a nossa condição humana e a natureza nos pedem para respeitar, seguindo desejos incontrolados”.

Francisco lembra ainda que a Quaresma chama os cristãos a encarnarem, de forma mais intensa e concreta, o mistério pascal na sua vida pessoal, familiar e social, particularmente através do jejum, da oração e da esmola.

A íntegra da mensagem do Papa Francisco para a Quaresma está disponível no site da Diocese de Piracicaba, www.diocesedepiracicaba.org.br.

Deixe uma resposta