fbpx
19 99646-7010 19 3496-1747

Histórico do nome da rua Soares Hungria

.
.

A Estrada de Ferro Sorocabana foi fundada em 1872, e o primeiro trecho da linha foi aberto em 1875, até Sorocaba, daí o nome “Sorocabana”.

A linha-tronco se expandiu até o ano de 1922, quando atingiu Presidente Epitácio, nas margens do rio Paraná, antes, porém, a Estrada de Ferro Sorocabana, construiu vários ramais, e passou por trocas de donos e fusões.

Em 1892, foi fundida pelo Governo com a Ytuana, que à época, estava à beira da falência.

Em 1905, o Governo Federal vendeu a Ferrovia Sorocabana ao Governo paulista, e este em 1907, por sua vez a arrendou para o grupo de Percival Farquhar, desaparecendo assim de vez, a Ytuana com suas linhas incorporadas pela EFS.

Em 1919, o Governo paulista retomou a Estrada de Ferro Sorocabana, por causa da situação precária do grupo detentor, e assim foi até 1971, quando a mesma foi uma das ferrovias que formaram a estatal FEPASA.

O seu trecho inicial, primeiro até Mairinque, depois somente até Amador Bueno, desde os anos 20, passaram a atender principalmente os trens de subúrbio, sendo que os trens de passageiros de longo percurso trafegaram pela linha-tronco até 16/1/1999, quando foram suprimidos pela concessionária Ferroban, sucessora da Fepasa, mas a linha está ativa até hoje, para trens de carga.

Nesta época, não se sabe ao certo se no ano de 1929 ou 1930, foi inaugurada em Tietê um posto telegráfico denominado de “Posto Hungria” em homenagem ao Dr. Soares Hungria, deputado estadual pelo 4º distrito, segundo artigo do jornal da época: ““O Tietê”, de 16/2/1930, que relata em detalhes a inauguração com envio de telegrama ao Presidente do Estado de São Paulo e ao homenageado.

O prédio da estação Sorocabana, que foi construído depois, seguiu a tipologia de outras estações da Sorocabana, assim como a de Raffard, todas foram construídas nos anos 30.

Por falta de registro histórico, e pelo relatado acima retirado do Jornal “O Tietê”, tudo nos leva a crer, que a denominação da rua Dr. Soares Hungria em nossa cidade, também tenha sido uma homenagem ao Deputado Estadual Dr. Soares Hungria, provavelmente em virtude de alguma contribuição sua na Assembleia Legislativa Paulista, em favor da emancipação de Rafard.

Grato por prestigiar nossa coluna com sua leitura. Se Deus deixar, semana que vem, tem mais… abraço.

COLUNA de autoria de Rubinho de Souza
Envie sua colaboração para o colunista: [email protected]

Deixe uma resposta