fbpx
19 99646-7010 19 3496-1747

Bíblia sem preconceito – 12

Leondenis Vendramim é professor de Filosofia, Ética e História

Reflitamos nas promessas do Deus todo-poderoso, cheio de amor pelas Suas criaturas. O maravilhoso livro do Apocalipse diz: Eis que faço novas todas as coisas…” 21:5. “Quem vencer herdará todas as coisas…” (21:7); “. Quais coisas herdaremos? Sem filosofar, embora eu goste de filosofia.

Primeiro, Deus promete um novo meio ambiente, um ecossistema perfeito, pacífico e harmonioso. Não haverá brejos fétidos, insetos malignos, nem animais peçonhentos ou micróbios causadores de enfermidades, nem deserto escaldante. Isaias 35:6-7 expõe o plano do Criador: “… Águas arrebentarão no deserto e rios no ermo. A terra seca se transformará em mananciais de águas”. Os animais serão mansos, o boi pastará ao lado dos leões (homens e feras serão herbívoros); lobo, e cordeiro, leopardo e cabrito, urso e bezerra conviverão em paz; as crianças brincarão com a serpente, não haverá dano algum na Nova Terra, a justiça imperará entre as criaturas de Deus (Is. 11:6-7).

A segunda promessa é que os homens serão transformados num corpo imortal, glorioso e incorruptível (1 Co 15:51-56), não haverá morte, nem corrupção; os redimidos serão eticamente escorreitos, fisicamente perfeitos, não haverá surdos, mudos, cegos, paralíticos, mancos (ver Is. 35:5-6). Estarão reabilitados a administrar o ecossistema: animais, vegetais e fontes das águas. Haverá relacionamento pacífico e os homens cuidarão do bem estar dos animais (ver Pv 12:10;Ez. 34:2-4). Na Nova Terra os homens reconhecerão que tudo pertence a Deus que os criou (Sl 24:1-2) e de tudo cuidará com amor recíproco. A Bíblia revela o motivo pelo qual os preguiçosos preferirão ficar fora, Isaias diz que os redimidos edificarão casas, plantarão (Is 65:23, 21), cuidarão dos animais e dos jardins (Gn 2:15) . O cansaço, o suor e o enfado devido ao trabalho ficarão para traz, todos os serviços serão prazerosos, contudo ali, não haverá inanição, nem contemplação passiva monástica ou niilista. Os homens serão assexuados, como os anjos, as mulheres não terão sofrimento com o parto (Mt 22:30-31) não haverá dor, decepção, morte, nem lágrimas de tristeza (Ap. 21:4).

A terceira promessa a destacar é com referência à Nova Jerusalém (cidade de paz). A antiga Jerusalém cidade dos cananeus foi tomada pelos judeus, hoje habitada por palestinos, judeus e árabes (religiões israelita, muçulmana e cristã – e outras menores). A Bíblia refere-se à Jerusalém como noiva enfeitada para Jesus. Essa cidade cúbica eternal, servirá de templo, moradia da divindade. Uma enorme cidade 2400 km de cada lado (5 milhões e 760 mil Km²), altura de 2400 Km, toda construída de jaspe (cristal avermelhado) enfeitada na sua base com 12 tipos de pedras preciosas (safira, azul celeste clara; Calcedônia, verde clara; esmeralda, verde escura; sardônia amarronzada; sardio vermelha; crisólito amarela ouro; berilo, verde-mar; topázio amarela alaranjada; crisópraso, verde-maçã; jacinto, azul celeste roxeada. As portas, com dimensões simétricas, são de pérola maciça, o piso de ouro. De sob os tronos auríferos, altos, da divindade flui um rio de água cristalina e uma árvore em forma de caramanchão de uma à outra margem. Produzindo 12 tipos de frutos. João fala que a água, as folhas e os frutos das árvore produzirão saúde e longevidade aos filhos de Deus. A luz da presença de Deus não permitirá a entrada da luz solar (ver Ap. 21 a 22:5). Não será essa a morada dos salvos. Eles morarão fora em casas construídas por eles (Is 65:21), mas todos os sábados e todas as Luas Novas irão adorar a Deus naquela cidade-Igreja (Is 66:23). Maravilha! Imaginem o espetáculo de cor, ao se movimentarem, a luz das pessoas, dos anjos e de Deus, refletirão as cores das pedras da muralha, cruzando-se os reflexos coloridos produzindo novas cores. Os sons musicais maviosos, em louvor e gratidão, a possibilidade de conversar face à face com Deus, com os anjos e outros ressurretos, as flores, frutos, a paz, o amor recíproco! Parece fantasioso? Leia a Palavra de Jesus: “…Escreve, pois, estas palavras são verdadeiras e fiéis” (Ap 21:5). Os Meus pensamentos são mais altos (Is 55:8), pensamento de paz e prosperidade (Jr 29:11); Cristo foi preparar para os Seus filhos algo nunca visto, muito além da imaginação! Não duvide. Ele é Deus Todo-poderoso, Onisciente e Único em amor para conosco. Então Cristo virá buscar você para morar com Ele (S. João 14:1-3).

ARTIGO escrito por Leondenis Vendramim é professor de Filosofia, Ética e História
Os artigos assinados não refletem necessariamente a opinião do jornal. São de inteira responsabilidade de seus autores.

Deixe uma resposta