fbpx
19 99646-7010 19 3496-1747

Brasil Ride 24 Horas 2019: Chicão, atleta de Capivari é bicampeão da competição

Daniel Domingues é o atual bicampeão da prova e disputará o mundial no Mato Grosso do Sul (Foto: Arquivo pessoal)
Daniel Domingues é o atual bicampeão da prova e disputará o mundial no Mato Grosso do Sul (Foto: Arquivo pessoal)

O atleta capivariano Daniel Domingues, mais conhecido como Chicão, foi campeão da edição 24 Horas Brasil Ride de MTB 2019, na categoria PNE (pessoas com deficiência). A competição aconteceu em Botucatu no fim de março. O evento também teve o ‘warm up’ para o Campeonato Mundial 24 Horas Mountain Bike Solo.

Chicão garantiu o bicampeonato do evento, completando 7 voltas, pouco mais de 80 km. “Diferente do ano passado, esse ano eu dei menos voltas, pois como eu estava com a vantagem de estar na frente, apenas fiquei marcando o segundo colocado, então ele abria uma volta eu ia atrás, na sétima volta ele acabou parando. Ano passado precisei dar 13 voltas, cada volta tinha 11,6km, com 330 de elevação. Esse ano foi mais estratégia do que força”, explica.

Esta edição da prova contou com a participação de 6 atletas na categoria PNE. Apenas três conseguiram concluir.

“O circuito é muito duro e perigoso, então qualquer vacilo pode te tirar da prova, seja por uma queda ou quebra do equipamento. Fiquei longe de um número expressivo de voltas, sendo que em 2018 foram 13, totalizando mais de 150km, mas o que importava no final era o título e não levar nenhuma queda que me tirasse das próximas competições e prejudicasse o equipamento”, conta Chicão.

A Brasil Ride é uma prova tradicional no MTB, sendo a única no Brasil com o formato de 24 horas. Ganha o ciclista que der o maior número de voltas no tempo estipulado. O atleta pode parar, se hidratar e se alimentar. No final, quem ficou mais tempo pedalando e deu o maior número de voltas é o vencedor. Nesta edição, foram aproximadamente 200 atletas competindo contra o tempo e o cansaço.

O fundador da Brasil Ride, Mario Roma, avaliou a edição de 2019 do evento.

“A prova 24 Horas de Botucatu foi um sucesso e cumpriu o objetivo de servir como um treinamento importante, de luxo eu diria, para os brasileiros que participarão do Campeonato Mundial 24 Horas Solo MTB, em Costa Rica. Tenho certeza de que teremos vários ciclistas daqui encarando em condições de igualdade as feras internacionais, que virão ao Mato Grosso do Sul, em julho”, resumiu Mario Roma.

Atleta capivariano ocupou o lugar mais alto do pódio na categoria PNE na  competição de 24 horas, em Botucatu (Foto: Arquivo pessoal)
Atleta capivariano ocupou o lugar mais alto do pódio na categoria PNE na competição de 24 horas, em Botucatu (Foto: Arquivo pessoal)

“Essa prova também ficou marcada pra mim, pois foi minha prova de número 100 desde que voltei competir em 2015. Até o final do ano tentarei chegar na marca de 120 provas”, confia Chicão.

O ciclista capivariano revela que o circuito é uma atração à parte, localizado na cuesta de Botucatu.

“As trilhas são maravilhosas, atravessamos riachos e no final de cada volta uma serra de asfalto com um nível de dificuldade muito grande”.

Agora, Daniel Domingues se prepara para disputar o Campeonato Mundial 24h Bike Solo, que acontece nos dias 27 e 28 de julho, na cidade de Costa Rica, no Mato Grosso do Sul. Segundo Chicão, a inscrição já está garantida e os últimos detalhes estão sendo acertados, como a logística.

Agradecimento

Chicão é patrocinado pela Sicoob Cooplivre, Proride Bike Shop, Bicho de Pé Eventos, Esporte Total, Fer Bike e RPA Technology.

Prova aconteceu em Botucatu e foi preparação para o Campeonato Mundial 24 Horas Solo Mountain Bike, em julho, no Mato Grosso do Sul (Foto: Arquivo pessoal)
Prova aconteceu em Botucatu e foi preparação para o Campeonato Mundial 24 Horas Solo Mountain Bike, em julho, no Mato Grosso do Sul (Foto: Arquivo pessoal)

Deixe uma resposta