fbpx
19 99646-7010 19 3496-1747

Mulher de 31 anos morre em Rafard com suspeita de dengue

Dengue é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti (Foto: Marcos Teixeira de Freitas/Creative Commons)

Uma mulher de 31 anos morreu nesta quarta-feira, 15. Francisca Sirlandia de Sousa Barbosa é a primeira morte suspeita de dengue em Rafard. Ela residia na rua Dr. Laureano, no bairro Bomba, e estava internada no Hospital Fornecedores de Cana de Piracicaba. A Vigilância Sanitária Municipal ainda aguarda a confirmação através do laudo oficial.

Ao todo, 20 casos já foram confirmados e ainda há 9 sendo investigados na cidade. Ainda na manhã de hoje, a prefeitura emitiu uma nota informando que o inseticida oferecido pela SUCEN, para realizar a nebulização, foi retirado na terça-feira, 14, em Campinas.

De acordo com a VISA, a nebulização deve acontecer ainda essa semana no bairro Bomba, no Centro e arredores. Os agentes passarão nas casas orientando os moradores.

Duas semanas atrás, ocorreu um teatro sobre a dengue nas escolas municipais (Profº Luis Grellet, Aurélio Sotto e Josefina Chiarini Borghesi). Para as próximas semanas já está programada uma ação de conscientização nas empresas, com visitas da equipe de Saúde e Diretor de Comércio, Indústria e Habitação.

Segundo a prefeitura, nenhum caso de Chikungunya ou Zika Virus foram notificados até o momento.

Francisca era casada com Gilson Barbosa e deixa o filho Vinícius. O corpo está sendo velado no Velório Municipal de Rafard e o enterro acontece ainda nesta quarta-feira, às 17h, no Cemitério Municipal.

Veja dicas para combater o mosquito:

Deixe uma resposta