CapivariDestaques

Capivari Clube comemora 65 anos de fundação

O Capivari Clube, tradicional clube social localizado na ‘Terra de Poetas’, completou na última segunda-feira, 6 de setembro, 65 anos de fundação.

Com capacidade limitada e cumprindo os protocolos sanitários, a data festiva foi comemorada entre os associados, na noite de ontem, na sede social do clube, com apresentação musical de Eder de Luca e banda.

Em post na rede social, o Capivari Clube adiantou que, em breve, divulgará uma lista de atividades especiais para continuar as comemorações no mês de aniversário.

Eleições

No próximo domingo, 12 de setembro, o Capivari Clube realiza assembleia geral para eleger o novo presidente, vice, e o conselho deliberativo. Atualmente, a associação é presidida por Carlos Alberto Martimbianco.

O mandato da diretoria executiva será entre os anos de 2022 e 2024. Já o conselho deliberativo comandará o clube entre setembro de 2021 a setembro de 2027.

Também serão eleitos associados para completar o mandato de setembro de 2018 a setembro de 2024.

Com o registro de apenas uma chapa, Mauricio Rossi deve ser eleito o novo presidente do Capivari Clube. Ao seu lado, estará o associado Marcio Martimbianco, como vice-presidente.

Quinze associados participam do pleito para com conselho deliberativo.

História

Segundo consta no site oficial do clube, a ideia de fundar um clube social em Capivari surgiu em 1956, durante as comemorações do dia da cidade.

“D. Paulina Guidetti Armelin, assistindo encantada ao desfile, lamentou o fato de Capivari, com tanta coisa para mostrar, não possuir um Clube Social correspondente. Neste momento surgiu o grande sonho: fundar e edificar um grande clube!”, diz o texto.

A partir daí, um grupo de mulheres passaram a visitar as famílias capivarianas com o chamado ‘Livro de Ouro’, no sentido de arrecadar contribuições para a fundação do clube.

Segundo consta, a primeira assinatura foi de dona Faustina Franchi Annichino, seguida pelo senhor Geraldo Toledo Amaral.

“Atingida uma expressiva quantia, foi resolvido que esta seria depositada e passada às mãos dos senhores convidados a fazerem parte de uma comissão”, reproduz o texto no site da associação.

De acordo com os documentos históricos, a primeira reunião conjunta aconteceu no Hotel Central, estando presentes, entre outros, os senhores Dr. Sebastião Armelin, Bichara Miguel Maluf e Oswaldo Pellegrini.

O Capivari Clube teve a sua fundação sacramentada numa ata de 14 de outubro de 1956, no salão nobre da Câmara Municipal, no prédio da prefeitura Municipal, sob a presidência do Dr. Sebastião Armelin e secretariado pelo Sr. Oswaldo Pellegrini, e contando com a presença de Bichara Miguel Maluf, José Balthazar Pereira da Cunha, Almerindo Rinaldi, Newton Pimenta Neves, Miguel Simão Neto, Domingos Fortinguerra, Moisés Forti, Walter Antônio Rizzo, Romeu Annicchino, Paulina Guidetti Armelin, Dulce Bartholomu Hoppe, Myrtes Hoppe Fortinguerra, Jurema Aparecida de Souza, Antônia Barnabé Annicchino, Leda Rossi Januzzi, Nassum Maluf Milan, Nilza B. Moraes Barros, Glaucy Quagliatto, Helena Tumas, Therezinha Aparecida Franchi, Léa Conforti, Antonieta Barbosa da Silva, Inah Armelin Galrão, Maria Antonieta Armelin Galrão, Cleide Cipolli, Lícia Rossi Pellegrini, Adele Moroni, Maria Rosa Lembo Duarte, Hermínia Forti Vigoritto, Iolanda Annicchino Pimenta Neves, Lucila Rizzo, Maria Eliza P. Chiarini, Ary Chiarini, Urbanita Costa, Gesilda Petelincar, Gesilda Petelincar, Sirene Busato Giatti, Francisca Silva Telles e Annerys Forti.

Na ocasião, foi eleita a primeira diretoria provisória, contando com Bichara Miguel Maluf, na presidência; Oswaldo Pellegrini, como Tesoureiro.

Nessa reunião, ficou decidido que a nova sociedade se chamaria Capivari Clube.

A primeira assembleia geral aconteceu no dia 11 de novembro de 1956, quando foi eleito o primeiro Conselho Deliberativo, formado pelos efetivos: Sebatião Armelin, Oswaldo Pellegrini, Chide Maluf, Geraldo Toledo Amaral, Romeu Annicchino, Miguel Simão Neto, Moisés Forti, Walter Antônio Rizzo, Francisco Mascchieto, Benedito Ladário Correa, Orlando Annicchino, Almerindo Rinaldi. Suplentes: Sílvio Jannota, José de Cillo, Mário Stucchi, Domingos Fortinguerra, Fuad Jarjura Milan, Alceu Dias de Aguiar, José Amaral Duarte e Tannus Maluf.

No dia 18 de novembro de 1956, o Conselho Deliberativo se reuniu pela primeira vez e elegeu o Presidente e Secretário: Sebastião Armelin e Miguel Simão Neto.

Em seguida, foi eleita a primeira Diretoria Executiva, a qual ficou assim constituída: presidente – Bichara Miguel Maluf; vice-presidente – Romeu Annicchino; 1º Secretário – Ary Chiarini; 2º Secretário – Moisés Forti; 1º Tesoureiro – Benedito Silva; 2º Tesoureiro – José Bernardino de Campos; Diretor-Geral – Orlando Annicchino; Coordenador – Newton Pimenta Neves; Conselho Fiscal – Luís Quagliato Filho, Oséas Máder e Calil José; Comissão de Sindicância – Luís Soderini Ferraciú, Jurema Aparecida de Souzas e José Balthazar Pereira da Cunha.

Túlio Darros

Jornalista (MTB: 63932/SP), diretor proprietário do Jornal O Semanário Regional, e publicitário, sócio proprietário da Syna Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Skip to content