CapivariDestaques

Capivari decreta Situação de Emergência depois dos estragos do temporal

Os estragos causados em Capivari, depois da chuva, granizo e ventania da terça-feira (17) levou o prefeito, Rodrigo Proença, a decretar Situação de Emergência.

O pronunciamento oficial aconteceu no fim da manhã desta quarta-feira (18), com transmissão ao vivo pelas redes sociais, onde o chefe do Executivo fez uma avaliação dos prejuízos sofridos na cidade. Ao seu lado estavam os representantes da Defesa Civil do município, Secretária de Obras, Superintendente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) e Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil.

“O prejuízo em Capivari foi incalculável, há muitas famílias que tiveram suas casas atingidas, tivemos muitos estragos na praça central, rodoviária, escolas e prédios públicos”, lamentou o prefeito.

Segundo a prefeitura, em apenas 20 minutos, foram cerca de 50,5mm do acumulado de chuva. Entre os danos, estão cerca de 50 casas destelhadas, 60 árvores derrubadas, prédios públicos danificados e interrupção nos serviços de água e energia elétrica.

arvore-praça-central-capivari
Umas das árvores que caíram na Praça Central de Capivari (Foto: Reprodução/Internet)

Proença afirmou que na noite de ontem, 100% do município de Capivari ficou sem energia elétrica. Até a manhã de hoje, 60% dos bairros já estavam com o serviço reestabelecido. Os outros 40% ainda estão sendo atendidos pela CPFL.

O Superintendente do SAAE, José Luiz Cabral, pediu que a população colabore economizando no uso de água.

“Agora é preciso ter paciência, não há outra palavra. Mesmo com a energia já reabastecida em boa parte dos bairros, os sistemas de abastecimento trabalham com energia de alta voltagem, e isso pode levar mais tempo”, explica.

Até o momento, as autoridades oficiais do município de Rafard, que também foi fortemente atingido, não informaram se será decretado o Estado de Emergência.

Ivanete Cardoso

Jornalista - MTB 57.303
Botão Voltar ao topo