CapivariDestaques

Capivari elege primeira mulher com deficiência

Líder de projetos sociais, Sele Rosada quer atuar para a inserção do deficiente no mercado de trabalho

Na semana em que se comemora o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência – 3 de dezembro – a vereadora eleita, Jeisele Renata Rosada, mais conhecida como Sele, é um exemplo de superação dos limites da deficiência física.

Ela será a primeira mulher com deficiência física a ocupar uma das cadeiras do Legislativo de Capivari, a partir de 1º de janeiro de 2021. Eleita aos 42 anos, com 552 votos, Sele é capivariana e nasceu com má formação nos membros superiores e sérios problemas cardíacos.

A deficiência física e as sérias etapas do problema cardíaco, não a impediram de estudar, trabalhar e liderar projetos sociais, como o Natal 10, com distribuição de presentes para crianças carentes, e o Projeto Anjo de Amor, que arrecada fundos para a compra de cadeira de rodas.

sele-rosada-vereadora-capivari
Sele Rosada, primeira mulher com deficiência física a ocupar uma cadeira no Legislativo capivariano (Foto: Arquivo pessoal)

“Com oito anos fiz a cirurgia do coração. Na escola eu brincava como as outras crianças. Nunca me excluí de nada, por causa da minha deficiência. Joguei até futebol, porque o vôlei, não era para mim [risos]”, conta Sele com muita descontração.

Formada em Administração, Sele já foi vendedora, trabalhou em escola particular, teve sua própria empresa e por 8 anos exerceu função em uma multinacional.

De outubro de 2017 a agosto deste ano, Sele trabalhou na Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Capivari. Lá contribuiu para a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

Ela também é palestrante motivacional, já foi presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência de Capivari e é uma das madrinhas do Projeto Amor em Mechas, que coleta doações de mechas de cabelo, que depois são revertidas em perucas e doadas para mulheres em tratamento de câncer.

Futuro no Legislativo

Como vereadora, Sele pretende atuar na luta por melhorias na qualidade de vida dos deficientes físicos. Entre suas propostas, além de ampliar a acessibilidade no município, está a criação de um Centro de Recreação Multidisciplinar para atendimento das pessoas autistas e portadoras de deficiências.

Ela pretende acompanhar, com rigor, a contratação de pessoas com deficiência nas empresas do município, garantindo a inserção no mercado de trabalho.

“Os deficientes físicos de Capivari terão uma representante com um olhar especial por eles na Câmara. Tem coisas simples, que já no início serão feitas, e têm projetos maiores que vamos dar andamento”, finaliza a vereadora eleita.

Ivanete Cardoso

Jornalista - MTB 57.303
Botão Voltar ao topo