CapivariDestaquesRegião

Capivari registra quatro mortes por coronavírus no mesmo dia

Quarta-feira, dia 24 de fevereiro, o Brasil completou um ano do primeiro caso de Covid-19 registrado oficialmente no país. Após 12 longos meses de pandemia, os casos só avançam, e o número de imunizados ainda está longe de ser o ideal para conter o vírus.

Há, ainda, outro agravante, indícios de que a nova variante do coronavírus já chegou nas cidades vizinhas. No entanto, os Serviços de Saúde de Capivari e Rafard afirmaram que não há registros, confirmados ou suspeitos, de que o vírus da nova variante esteja circulando nos dois municípios.

Mesmo com a chegada das primeiras doses da vacina, o avanço do coronavírus continua em alta. Em Capivari, por exemplo, só na quarta-feira (24), foram registrados 4 óbitos pela doença, um homem de 59 anos, outro de 75 e duas mulheres, uma de 92 e outra de 94 anos.

Capivari teve seu primeiro registro oficial de contaminação pelo vírus no começo de maio de 2020. Dos primeiros contaminados, até o último boletim divulgado, já são 3.219 casos confirmados, com o número de 55 mortes. Há outras 219 pessoas que aguardam resultados, e o número de recuperados é de 3.022. Os números são da manhã da quarta-feira (24).

Já em Rafard, a primeira morte da Covid-19 registrada ocorreu no começo de julho do ano passado. A vítima tinha 94 anos, era o colaborador deste periódico, Denizart Fonseca. Ele faleceu após 26 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Desde o primeiro registro de óbito, até o último boletim desta semana, o município registra um total de 4 vítimas fatais por coronavírus. O número de casos positivos está perto de 400 contaminados. Por outro lado, já são 387 recuperados da doença. Outros 10 aguardam o resultado de exames.

Na tentativa de frear o vírus, atividades que possam gerar aglomerações estão suspensas. Foi assim com as atividades de Carnaval. Na manhã de quinta-feira (25), a Prefeitura de Capivari cancelou o roteiro de apresentações de uma peça de teatro que aconteceria ao ar livre na Praça Central e em bairros da cidade, a partir deste próximo fim de semana. A justificativa é o aumento dos casos de Covid na cidade.

Vacina

A boa notícia é que neste sábado (27), Capivari começa a vacinação dos idosos com 80 anos ou mais. A imunização acontecerá das 8h às 14h, no Posto de Saúde Central. Os idosos desta faixa etária devem apresentar o cartão SUS, comprovante de endereço e documento com foto.

O que não agradou os profissionais de Saúde, que atuam como psicólogos, terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas, foi o cancelamento por tempo indeterminado da vacinação para este grupo. Ela estava prevista para acontecer na quinta-feira (25).

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Capivari informou que a vacinação destes profissionais foi suspensa porque o município não recebeu as doses que estavam previstas para chegar na data divulgada.

Nesta sexta-feira (26), a cidade deve receber apenas 370 doses, que serão destinadas aos idosos. Mesmo com esta quantidade, a conta não bate. A estimativa é de que Capivari tem 660 idosos aptos a serem imunizados nesta fase. Na prática, faltariam outras 290 doses.

Cidade Coração

Em Rafard, a notícia é mais satisfatória. O governo municipal divulgou que 100% de seus profissionais de saúde estão imunizados, citando, inclusive, psicólogos, fisioterapeutas, dentistas, entre outros. O número de vacinados chega a 325 pessoas, sendo 179 profissionais da Saúde e 146 idosos.

A Diretoria Municipal de Saúde também está divulgando o agendamento da vacina para idosos de 85 anos ou mais. A imunização para este grupo está prevista para começar na segunda-feira, 1º de março.

Ivanete Cardoso

Jornalista - MTB 57.303
Botão Voltar ao topo
Skip to content