DestaquesRegião

Capivari teve 18 denúncias em 2020 e outras 8 em 2021

Exploração Sexual de Criança e Adolescente | Mais da metade dos crimes acontece dentro de casa

Na última quarta-feira, 18 de maio, foi o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Ações em todo o país lembraram a importância de combater este crime, que só este ano, no Estado de São Paulo, já fez 2.350 vítimas do chamado estupro de vulnerável, quando a vítima é uma criança ou adolescente.

Em Capivari, de acordo com os números da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), que também investiga os casos de violência sexual contra a criança e adolescente, só em 2020, foram 18 denúncias de abuso sexual infantil, e nove prisões por crimes sexuais. Em 2021, já são oito novos casos registrados na DDM com quatro prisões de acusados.

Segundo relatório da DDM, o atual cenário da pandemia da Covid-19, trouxe um aumento no número de casos de violência sexual infantil, que ocorrem, principalmente, dentro de casa.

delegada-maria-luisa
Dra. Maria Luisa Rigolin, delegada em Capivari (Foto: Arquivo pessoal)

“No começo da pandemia, em março de 2020, a porcentagem do crime de estupro ocorrido dentro de casa, foi de 84%, subindo para 88%, já no mês maio, superando os anos anteriores”, diz a delegada Maria Luisa Dalla B. Rigolin, ao comentar os dados do relatório que traz informações do Instituto Sou da Paz, Ministério Público e Unicef.

Os dados também mostram que, em média, 7% destas crianças vítimas de abuso, possuem algum tipo de deficiência ou outra vulnerabilidade, e em 75% dos casos, o crime é praticado por um familiar ou amigo próximo.
No último mês de março, uma parceria da Delegacia de Defesa da Mulher com a Delegacia da Polícia Civil de Capivari realizou a Operação ‘Silentium”, palavra que vem do latim e significar ato de estar quieto.

A operação cumpriu mandados de busca e apreensão e a prisão de acusados por crime de violência sexual infantil. Um suspeito de abuso sexual contra a enteada foi preso e aparelhos celulares foram apreendidos.

Ações em Rafard e Capivari

Os municípios de Rafard e Capivari promoveram ações para o dia de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Em Rafard, o assunto foi tema do encerramento do curso de capacitação do Conselho Tutelar, promovido pela Diretoria de Serviço Social. Além dos conselheiros, o encontro contou com a participação de agentes de saúde, profissionais da Educação e a equipe do Serviço Social.

“Em nossa cidade, estamos trabalhando com determinação para a proteção de nossas crianças e adolescentes”, comentou o prefeito Fábio dos Santos, que esteve presente no encontro.

Em Capivari, a Secretaria de Desenvolvimento Social preparou um ato simbólico na Praça Central, divulgando para o público em geral mensagens de conscientização, através de músicas e distribuição de girassóis, símbolo da campanha em rede nacional.

Nesta sexta-feira (21), a secretaria realiza uma palestra sobre o tema, com a psicóloga Aline Tavares. O evento será transmitido ao vivo nas redes sociais da Prefeitura de Capivari, a partir das 14h.

ademir-candido-ferreira-mineiro-do-jornal-campanha-faça-bonito
Ademir Cândido Ferreira, mais conhecido como Mineiro do Jornal, foi presenteado pelo prefeito de Elias Fausto, Maurício Baroni, com uma camiseta da campanha ‘Faça Bonito’ e têm feito campanha do tema pelas ruas (Foto: Divulgação)

Denuncie

A denúncia dos casos de violência e exploração sexual infantil pode ser feita, em sigilo e com segurança, na Delegacia da Defesa da Mulher em Capivari, na rua Fernando de Barros, 420, no Centro, ou ainda pelo telefone: 3491-2563.

Existem também os canais na Central de Atendimento dos Direitos Humanos, através do Disque 100. Também é possível denunciar ligando no 153 da Guarda Civil de Capivari e 190 da Polícia Militar.

Órgãos como o Conselho Tutelar e a Promotoria de Justiça também recebem as denúncias e encaminham para investigação da Polícia Civil.

Ivanete Cardoso

Jornalista - MTB 57.303
Botão Voltar ao topo
Skip to content