Esportes

Cinco craques que jogaram pelo Barcelona e pelo Real Madrid

Para um jogador que joga na La Liga, não há confronto maior que o El Clásico e, no início deste mês, os rivais de longa data Real Madrid e Barcelona se enfrentaram mais uma vez o Estádio Santiago Bernabéu. Os anfitriões venceram por 2 a 0, com o atacante brasileiro Vinícius Júnior anotando seu nome na súmula e com as chances de título nas apostas esportivas online a seu favor. Mas, apesar dessa rivalidade feroz, há vários jogadores que jogaram pelos dois gigantes, de Madri e da Catalunha. Após o derby mais recente, vamos dar uma olhada em algumas dessas estrelas.

Samuel Eto’o

O camaronês iniciou na academia de jovens do Real Madrid, mas só pôde treinar com a equipe B, devido à sua idade. O tempo que passou em Madri não foi muito bem-sucedido, fazendo tantas partidas no time principal quanto ele foi emprestado – com seu período no Mallorca o rendendo uma transferência permanente. Ele foi para o Barcelona em 2004 e, enquanto as lesões devastaram seus últimos anos, ele foi um membro importante do ataque do Barça. Marcando 130 gols em cinco temporadas, sua passagem na Catalunha foi um grande sucesso, conquistando três títulos da liga e chegando a duas finais da Liga dos Campeões.

Luís Figo

Figo foi um dos maiores jogadores de sua geração, mas passou de ídolo a inimigo número 1 quando trocou o Barça pelo Real em 2000. Ele acumulou mais de 200 partidas em todas as competições pelos dois clubes, também conquistando quatro títulos da liga, e marcando na final da Liga dos Campeões de 2002 quando os Los Blancos venceram o Bayer Leverkusen por 2 a 1. Suas façanhas no ataque do clube catalão renderam a Figo o Ballon d’Or em 2000, mas ele a recebeu usando a famosa camisa branca de seus rivais.

Michael Laudrup

Um período malsucedido na Juventus levou o dinamarquês a se transferir para o Barcelona, onde ele fazia parte do “Dream Team”, que conquistou quatro títulos consecutivos da La Liga no início dos anos 90. Após uma briga com o técnico Johan Cruyff, Laudrup fez uma polêmica mudança para Madri, onde terminou a hegemonia do Barça e venceu o campeonato em sua temporada de estreia. Mais memorável foi durante sua última temporada na Catalunha e sua primeira em Madri, onde Laudrup esteve no time vencedor de duas partidas de placar de 5 a 0 nos Clásicos.

ronaldo fenômeno ronaldinho
Foto: Ilustrativa

Ronaldo

Apelidado de Fenômeno, o brasileiro é amplamente considerado um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos e, apesar de jogar pelos dois clubes, continua sendo amado universalmente. Ele passou apenas uma temporada no Barcelona, mas marcou 47 gols em 49 jogos. Depois de se mudar para a Itália, ele voltou para a Espanha e se juntou ao Los Blancos, marcando 83 gols e ganhando dois títulos da Liga – antes que lesões e seu peso fizessem com que sua carreira entrasse em declínio na Europa. Ele ganhou o Ballon d’Or em seu primeiro ano no Real.

Javier Saviola

Do Brasil para a Argentina finalmente, e Saviola chegou ao Nou Camp com muito alarde em 2001. Ele rapidamente perdeu o posto e foi enviado para Mônaco e para o Sevilla antes de se juntar aos rivais do Barça em um contrato de três anos. O argentino passou por um período igualmente difícil em Madri, restringindo-se principalmente iniciando jogos de copas e quase sempre saindo do banco. Ele terminou sua passagem com apenas cinco gols em 29 jogos.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar