Turismo

Coluna Turismo Paulista por Jarbas Favoretto

A tranquilidade impera em Arealva-SP

Arealva-SP

O nome, dado em 1948 quando foi reconhecido como município, é devido às areias brancas das praias de uma ilha do Rio Tietê.
A sua história começa em 1867 com o nome de ‘Povoado de Soturna’, nome da citada ilha e, em 1911, passou a ser o ‘Distrito de Soturna’.
Desde o ano passado, Arealva foi aprovada tecnicamente como Município de Interesse Turístico pelo Grupo Técnico de Análise da Secretaria de Turismo do Estado e aguarda, agora, o trâmite necessário nesses casos, bem como a oportunidade da homologação por parte da Assembleia Legislativa do Estado.

Cidade das águas e belezas naturais

Várias churrasqueiras na praia de Arealva-SP

Assim se denomina a cidade de Arealva, às margens do Rio Tietê, localizada entre Bauru e Ibitinga.
Arealva divide com Bauru o Aeroporto “Moussa Nakhl Tobias”.
Para o turista há hotéis, gastronomia de fazer inveja, cachoeiras, vários pesqueiros, pista de skate, turismo equestre, áreas de camping, orquidário, ciclovias e quiosques com boas churrasqueiras.
As delícias em Arealva são várias.

Ciclismo em Arealva-SP

Ciclismo levado a sério em Arealva-SP

O setor de turismo da prefeitura de Arealva, em parceria com um grupo chamado “Pedala Família”, está elaborando rotas e trajetos de ciclismo em pontos específicos do município objetivando atender os seus adeptos.
Mais de uma centena de ciclistas tem interesse em Mountain Bike, num clima de confraternização durante os passeios, igualmente acessível para turistas, proporcionando melhor qualidade de vida, desde crianças de quatro anos até as idades mais avançadas.
Visite Arealva e pedale com a sua família.

Cachoeira Paulista-SP

Palmeiras imperiais em Cachoeira Paulista. Foto: Paulo Y. Tacarada

Cravada no Vale do Paraíba, no Estado de São Paulo, equidistante de Minas Gerais e Rio de Janeiro, Cachoeira Paulista é do século XVIII.
Documentos de 1730 citam um povoamento chamado “Arraial do Porto da Caxoeira”, tendo por marco inicial uma pequena ermida erigida por devotos do Senhor Bom Jesus da Cana Verde.
Hoje, a cidade de Cachoeira Paulista recebe fiéis em suas 42 igrejas.
O município atrai cerca de 2 milhões de turistas anualmente, que visitam principalmente o Santuário de Santa Cabeça e o Santuário Pai das Misericórdias (em Canção Nova), únicos do Brasil.

Festival de música

Praça convidativa em Cachoeira Paulista-SP

Um concurso visando revelar artistas anônimos de todas as regiões do Brasil, e que dedicam o seu tempo em compor e cantar música religiosa, foi lançado pela Prefeitura de Cachoeira Paulista em parceria com a Comunidade Bethânia.
Foi batizado como o “1º Festival Nacional de Música Padre Léo” e terá troféus e premiações em dinheiro, além de produção e gravação em estúdio profissional.
Todo o Festival ocorrerá 100% online e a grande final será no dia 24 de julho. Para efetivar a participação, os concorrentes deverão enviar o vídeo da música autoral até o dia 4 de julho.
Os interessados em concorrer podem enviar até duas músicas autorais, interpretadas com banda ou de maneia solo, no formato de vídeo, para o e-mail: [email protected]

Sobre COMTUR’s

Ultimamente, tem havido por parte de várias prefeituras, a busca de um correto Comtur, principalmente para as Estâncias e para Municípios de Interesse Turístico, uma vez que isso tem importância capital.
A AMITur tem estado à disposição para auxiliar nessa empreitada e a maioria das prefeituras já está em fase adiantada com Leis corretas.

Por Jarbas Favoretto, MTb 32.511 –maio/2021

Botão Voltar ao topo
Skip to content