Região

Coordenadora da Frente Parlamentar de Apoio de Combate ao Câncer, Valéria Bolsonaro destaca importância do Outubro Rosa

Em defesa da saúde, que é uma de suas áreas de atuação, a Deputada Valéria Bolsonaro, idealizadora da Frente Parlamentar de Apoio de Combate ao Câncer, destaca a importância das ações que ocorrem durante o este mês, no “Outubro Rosa”.

A parlamentar reforça que através da Frente, o objetivo é unir o poder público, hospitais e a sociedade a fim de definir ações de trabalho em prol da luta contra o câncer.

O movimento Outubro Rosa foi criado no início da década de 90, voltado à conscientização para a detecção precoce do câncer de mama. O símbolo da campanha, até os dias de hoje, é o laço cor-de-rosa.

Foto: Divulgação

O câncer de mama é o tipo que mais acomete mulheres em todo o mundo, tanto em países em desenvolvimento quanto em países desenvolvidos.

Também ocupa a primeira posição em mortalidade por câncer entre as mulheres no Brasil, sendo as maiores incidências nas regiões Sul e Sudeste.

Valéria Bolsonaro salienta que ações devem ser feitas durante todo o ano, porém neste mês, em específico, o trabalho de ganha mais força, por isso a causa deve ter cada vez mais adesão.

“É importante falar sobre o número de casos e seus riscos, contudo é ainda mais vital abordar formas de tratamento, entender o contexto de vida dos pacientes e, acima de tudo, fortalecer a prevenção.

Disseminar a prevenção é o caminho para facilitar o tratamento do câncer”, disse.

Mediante isto, a Deputada Valéria reforça que a Frente Parlamentar veio a somar, permitindo mais debates sobre a criação de políticas públicas voltadas para os pacientes com câncer.

“Além de divulgar informações sobre o câncer de mama, procuramos fortalecer as recomendações do Ministério da Saúde para prevenção, diagnóstico precoce e rastreamento da doença”, valorizou.

Sintomas

Os principais sinais e sintomas de câncer de mama são: caroço (nódulo), geralmente endurecido, fixo e indolor; pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja, alterações no bico do peito (mamilo) e saída espontânea de líquido de um dos mamilos. Também podem aparecer pequenos nódulos no pescoço ou na região embaixo dos braços (axilas).

Fatores de risco

Não há uma causa única para o câncer de mama. Diversos fatores estão relacionados ao desenvolvimento da doença entre as mulheres, como: envelhecimento, determinantes relacionados à vida reprodutiva da mulher, histórico familiar de câncer de mama, consumo de álcool, excesso de peso, atividade física insuficiente e exposição à radiação ionizante.

Recomenda-se sempre procurar um médico e realizar os exames preventivos anualmente.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Skip to content