DestaquesRegião

Diocese de Piracicaba celebra 77 anos com “Dia de Oração pela Santificação do Clero”

Fachada da Curia Diocesana e Centro Diocesano de Pastoral

A Diocese de Piracicaba completa 77 anos de instalação nesta sexta-feira (11). O aniversário fará parte das intenções do “Dia de Oração pela Santificação do Clero”, que será realizado durante Encontro do Clero, com padres e diáconos das 15 cidades do território diocesano, das 9 às 13h. Nesta data também é celebrada pela Igreja Católica a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus.

A instalação da Diocese de Piracicaba, com território integralmente desmembrado da Diocese de Campinas, ocorreu durante o Congresso Eucarístico Regional, realizado entre os dias 4 e 11 de junho de 1944. O decreto de criação da Diocese havia sido publicado quatro meses antes, em 26 de fevereiro, na Bula “Vigil Campinensis Ecclesiӕ”, do Papa Pio XII.

Antes, a Diocese de Piracicaba pertencia à Diocese de Campinas e aquele Congresso Eucarístico Regional foi o primeiro dos quatro eventos promovidos na época.

Após a instalação, em 1944, a diocese foi governada por Dom Paulo de Tarso Campos, como Administrador Apostólico, até a chegada do primeiro Bispo Diocesano, Dom Ernesto de Paula, que tomou posse em 8 de setembro de 1945. Seus sucessores foram: Dom Aníger Francisco de Maria Melillo, Dom Eduardo Koaik, Dom Moacyr José Vitti, Dom Fernando Mason e, atualmente, Dom Devair Araújo da Fonseca, que assumiu em 16 de janeiro de 2021.

Ao longo dos seus 77 anos, a Diocese de Piracicaba se destacou por grandes realizações e fatos marcantes, graças ao trabalho de seus bispos, sacerdotes, diáconos permanentes, religiosos e religiosas, além de centenas de milhares de fiéis leigos, que contribuíram para a consolidação de uma Igreja viva, discípula, missionária e misericordiosa.

Padroeiro

A diocese tem como padroeiro Santo Antônio de Pádua, que também é padroeiro do município de Piracicaba e da Catedral da cidade, onde haverá Missa Solene presidida por Dom Devair, no domingo (13), Dia de Santo Antônio, às 10h.

Além da Santa Missa presidida pelo bispo, haverá uma programação com oito celebrações na Catedral durante o final de semana. No sábado (12), as missas serão às 16h e às 18h. Já no domingo, as solenidades serão às 6h, 8h, 10h (com o Bispo), às 12h, às 16h e às 18h.

Botão Voltar ao topo
Skip to content