Editorial

Disputa acirrada

Mais do que um ato de solidariedade e doação, ultimamente, a disputa para uma vaga no conselho tutelar em cidades de todo país, tem se mostrado cada vez mais política e viciada de interesses particulares.

Exemplo disso aconteceu em Rafard, onde quase 50 pessoas se candidataram ao cargo, o dobro de candidatos da cidade vizinha, Capivari, que com um número seis vezes maior de habitantes, contou com a metade de concorrentes.

E onde tem eleição, acompanham as tradicionais práticas de boca de urna, transporte de eleitores e por aí vai. Sem dizer aqueles que aproveitam o momento para testar a ‘popularidade’, como forma de pré-eleição. Tô mentindo?

Em alguns casos, ganham os que tem influência política e muito pouco conhecimento sobre o verdadeiro papel do conselheiro tutelar, que deve garantir os direitos da criança e do adolescente, sendo grande aliado contra a violência sexual e proteção da infância.

Mas não podemos generalizar, longe daqueles que só pensam no salário mensal para complementar a renda, há que se destacar pessoas com o verdadeiro instinto de servir, com experiência de vida e com tempo para dedicar a causa.

E é isso que se espera. Cada dia mais esses adolescentes e jovens precisam de proteção e encaminhamento.

Seja familiar, na educação ou no social, todos devem ter os direitos garantidos.

Parabéns aos vencedores e boa sorte nesta jornada.

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar