Alexandre Teles

Evangelho, uma boa notícia para você

Alexandre Teles

Muitas pessoas pregam o evangelho. Mas você sabe o que significa evangelho? Você tem uma ideia? Muitos falam sobre Jesus, mas você sabe o que é evangelho? Você, alguma vez na sua vida já entendeu o que é o evangelho?

Pois bem, evangelho significa boa notícia. Boas novas. O evangelho não é uma má notícia, mas sim, uma boa notícia! E a boa notícia começa assim: Deus é Justo!

Todos, de fato, querem um Deus justo. Ninguém gostaria que Deus fosse Injusto. O fato, porém, de Deus ser justo, se torna um grande problema para a humanidade. O seu maior problema é que Deus é justo, porque você não é justo. Você é um pecador. A Bíblia diz que todos pecaram e separados estão da glória de Deus (Rm. 3.23). Você é pecador, e sabe disso. Não tem como você se convencer de que nunca pecou. Você pecou. Você mentiu, teve maus pensamentos. Isso é fato, porque a Bíblia diz isso, e eu também sou como você.

Então, Deus é justo e eu e você desobedecemos a Deus. Nós quebramos a lei de Deus. O problema mais grave das Escrituras é esse: Como é que um Deus justo pode perdoar um pecador e continuar sendo justo?

Vamos dizer que um delinquente mate sua família e você pega ele, e leva para um juiz, e o juiz fala para o homem que matou sua família que ele é um juiz amoroso e por isso vai perdoar o delinquente e soltá-lo. Você está livre, pode ir embora para casa. Como você reagiria? Você sem duvida ficaria nervoso, iria procurar outras autoridades e dizer: Olha um juiz que é pior que os criminosos que ele perdoa. Então, se Deus é justo, Ele tem que satisfazer a sua justiça.

E a única maneira pela qual isso é possível, é punindo você no inferno por todos os seus pecados. Porém a Bíblia também fala que Deus é amor. Pelo fato de Deus ser amor, Ele deu jeito de satisfazer a justiça Dele para salvá-lo. Isso Ele fez através de Seu Filho Jesus Cristo. Primeiramente, Jesus Cristo é mais que um homem. Jesus Cristo é o eterno Filho de Deus, que se fez carne, se tornando homem nascendo da virgem Maria. Ele andou sobre a terra e viveu uma vida absolutamente perfeita. E pela providência de Deus, Ele foi pregado a uma cruz.

E lá na cruz, o que aconteceu na cruz? Ele disse quando estava na cruz: Deus meu, Deus meu, por que me desamparastes? Mc. 15.34) Pense comigo o que estava acontecendo naquela cruz? O Filho Unigênito de Deus está na cruz e o Pai O abandona. Ele foi rejeitado pelo próprio Pai. Por que? Porque quando Cristo estava na cruz, Ele tomou sobre Si todos os nossos pecados. Deus é Santo e não tolera o pecado. Ele desamparou Jesus na cruz, e toda a justiça de Deus que você merece e eu mereço, essa justiça caiu sobre Jesus. E quando Jesus morreu, Ele pagou a penalidade pelos nossos pecados, e agora você pode ser salvo através da fé em Jesus Cristo.

Esse é o evangelho!

O Deus verdadeiro ama você e enviou Seu Filho Jesus, e que você pode receber perdão pelos seus pecados e não somente isso, você pode viver em novidade de vida.

Não escrevi esse artigo porque sou religioso, eu escrevi porque há 10 anos o Senhor Jesus mudou a minha vida. Uma vida terrível!

Você nunca vai encontrar uma vida verdadeira no dinheiro, na fama, no mundo. Você só vai encontrar razão para sua vida somente na pessoa de Jesus Cristo.

Onde você estiver lendo este artigo, neste momento, você pode receber Jesus como único Senhor e Salvador da sua vida, e assim, receber de graça, pela fé, o presente da vida eterna.

A Bíblia diz que com o coração se crê para justiça, e com a boca se confessa a respeito da salvação. Deus, o Pai, entregou Seu único Filho para que todo aquele que Nele crê, não pereça (vá para o inferno), mas tenha a vida eterna.

Confesse neste momento que Jesus é o Senhor de sua vida, invoque neste momento este precioso Nome. Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. (Romanos 10.13)

Que Deus abençoe sua vida em nome de Jesus.

Alexandre Teles, serve ao Senhor Jesus Cristo na Igreja do Evangelho Quadrangular Catedral do Amor em Rio das Pedras.
Os artigos assinados não refletem necessariamente a opinião do jornal. São de inteira responsabilidade de seus autores.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar