DestaquesEsportes

Flávia Marques vence maratona no deserto do Saara, em Marrocos

flavia-marques-campeão-no-deserto-do-saara
Flávia Marques no lugar mais alto do pódio, em Marrocos (Foto: Arquivo pessoal)

A ‘capifardense’, Flávia da Silva Marques, de 45 anos, participou no último fim de semana de uma árdua maratona, disputada em pleno deserto do Saara, no Marrocos. Com mais de 9 milhões de quilômetros quadrados, o descampado localizado no norte do continente africano é notoriamente conhecido devido as altas temperaturas, que chegam até 50 graus celsius durante o dia, e os longos períodos sem chuva que a região passa.

O evento disputado em território marroquino, viu Flávia não só vencer a competição entre as mulheres, mas também finalizar o resultado geral na segunda posição entre todos os competidores.

Disputando maratonas desde 2015, ela passou por uma jornada de nove horas de voo até chegar no local de realização da prova.

Como deve-se imaginar, para atingir um resultado tão satisfatório, foi necessária muita preparação. “Treinei muito no sol, semanas com rodagem de 90 quilômetros, trabalho de musculação para resistência. Terreno não foi possível reproduzir, pois a areia é muito fina. Tudo com orientações do professor Rui Sanches, do qual tive grande incentivo e apoio”, conta a atleta.

Como é de se imaginar, o deserto tem uma particularidade rara, a areia fina no solo. Quando perguntada sobre o período do trajeto onde encontrou maiores dificuldades, Flávia não teve dúvidas, “foram os 10 últimos quilômetros nas dunas de Erg Cheebi, areia fina, dunas com 200 metros de subida”, descreveu.

No futuro, a atleta deseja novos desafios. Flávia contou estar prestes a iniciar os treinamentos no triathlon (corrida, natação e ciclismo) e possivelmente iniciar a preparação para competições de Ironman – maior circuito de triathlon do mundo.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar