Mombuca

Mombuca fica entre os melhores do país em investimento na saúde bucal

Imagem ilustrativa

Mombuca ficou entre os quatro melhores municípios no Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal 2019, concorrendo com as cidades de até 20 mil habitantes na macrorregião do Sudeste.

A homologação da Portaria CFO-SEC-154/201, que formaliza a classificação geral dos municípios vencedores até a quinta colocação nas nove categorias instituídas no prêmio, foi publicada na segunda-feira (14) no Portal da Transparência da Autarquia e no Diário Oficial da União (DOU). A cerimônia de premiação acontece no dia 27 de novembro, em Brasília (DF).

A edição deste ano do prêmio promovido pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO) e que tem por objetivo reconhecer e valorizar os municípios brasileiros que se destacaram na implantação e efetivação das políticas públicas de saúde bucal no último ano, registrou recorde de municípios participantes que mais investiram na implantação e efetivação de políticas públicas de saúde bucal em todo o país. O número de inscritos é três vezes maior do que a média nacional em 14 anos de premiação.

Segundo informações do CFO, o prêmio passou por aperfeiçoamentos em seu edital e, neste ano, nove grupos concorreram: (I) municípios com até 20.000 habitantes das regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul, contabilizando cinco grupos; (II) municípios entre 20.001 e 50.000 habitantes; (III) municípios entre 50.001 e 100.000 habitantes; (IV) municípios entre 100.001 e 500.000 habitantes e (V) os municípios com mais de 500.000 habitantes – que inclui o Distrito Federal.

Avaliação

A avaliação dos municípios inscritos aconteceu, primeiramente, por uma etapa estadual. Os primeiros lugares são encaminhados pelos CROs ao CFO para a classificação em nível nacional por meio da Comissão de Políticas Públicas/Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal.

Ainda no âmbito nacional, no grupo populacional com até 20.000 habitantes, os municípios foram classificados do primeiro ao quinto lugar por macrorregiões – Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul. Em cada macrorregião, os municípios concorreram entre si, mas não concorreram com outras macrorregiões.

Cada município foi classificado com os seguintes critérios: Financiamento em Saúde, Controle Social, Política Municipal de Saúde Bucal, Assistência Odontológica Básica, Assistência Odontológica Especializada, Promoção de Saúde Bucal, Vigilância em Saúde Bucal, Quadro de Pessoal Odontológico, Remuneração na Atenção Básica e Educação Permanente.

Premiação

A primeira colocação das categorias recebe uma cadeira odontológica, com mochos e equipo para acionamento e controle de seringas tríplice, micromotores e turbinas; suctor para coleta de dejetos através de cuspideira/sugadores e refletor odontológico. Os municípios classificados do segundo ao quinto lugar receberão placas alusivas e os demais inscritos receberão certificado de participação.

Vencedores

Categoria até 20 mil habitantes por macrorregião:

• Centro-Oeste 1º lugar – Juscimeira (MT) 2º lugar – Angélica (MS) 3º lugar – Aragoiânia (GO)
• Nordeste 1º lugar – Dom Basílio (BA) 2º lugar – Siriri (SE) 3º lugar – Lucrécia (RN) 4º lugar – Jequiá da Praia (AL) 5º lugar – Santa Luzia (PB)
• Norte 1º lugar – Vitória do Jari (AP) 2º lugar – Pacaraima (RR)
• Sudeste 1º lugar – Porto Real (RJ) 2º lugar – Alfredo Chaves (ES) 3º lugar – Catas Altas (MG) 4º lugar – Mombuca (SP)
• Sul 1º lugar – Figueira (PR) 2º lugar – Caiçara (RS) 3º lugar – Cocal do Sul (SC)

Categorias Populacionais:

• Entre 20.001 e 50.000 habitantes 1º lugar – Ibiporã (PR) 2º lugar – Anchieta (ES) 3º lugar – Três Passos (RS) 4º lugar – Alta Floresta (MT) 5º lugar – Naviraí (MS)
• Entre 50.001 e 100.000 habitantes 1º lugar – São Sebastião (SP) 2º lugar – Sorriso (MT) 3º lugar – Congonhas (MG) 4º lugar – Cambé (PR) 5º lugar – Porto Seguro (BA)
• Entre 100.001 e 500.000 habitantes 1º lugar – Nossa Senhora do Socorro (SE) 2º lugar – Uberaba (MG) 3º lugar – Sinop (MT) 4º lugar – Suzano (SP) 5º lugar – Caucaia (CE)
• Acima de 500.000 habitantes 1º lugar – Curitiba (PR) 2º lugar – Caxias do Sul (RS) 3º lugar – Manaus (AM) 4º lugar – Campo Grande (MS) 5º lugar – São Bernardo do Campo (SP)

Com informações do portal Enfoque MS 

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar