DestaquesRafard

Morre aos 94 anos, Denizart Fonseca, colaborador mais antigo d’O Semanário

denizart-fonseca-o-velho-seresteiro
Denizart Fonseca, também conhecido como ‘o velho seresteiro’ (Foto: Arquivo/O Semanário)

Faleceu na noite de domingo (5), aos 94 anos, Denizart Fonseca. Ele era o colaborador mais antigo do jornal O Semanário, onde desde a fundação, em 1991, deixou suas ideias, críticas e reflexões.

Denizart nasceu em 1925, na cidade de Mombuca, mas vivia em Rafard e era cidadão rafardense, título conferido pela Câmara Municipal. Também foi oficial da Força Aérea Brasileira e professor de Educação Física e Desportos.

Tenente Denizart ou Zito, como era carinhosamente conhecido, é uma das vítimas do Coronavírus (Covid-19), doença que assola o mundo com uma pandemia sem precedentes desde o início do ano. Ele ficou internado por 26 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Unimed Capivari e não resistiu à agressividade da doença. Também entrou para a estatística do município como o primeiro óbito por Covid em Rafard.

O escritor ingressou na Força Aérea Brasileira em 1944, especializou-se em sistemas hidráulicos de aviões militares e conquistou a patente de tenente. Durante a Segunda Guerra, integrou o grupo de patrulhamento da costa brasileira, fazendo parte do grupo de pilotos Senta a Pua. Denizart também era músico e fazia parte do grupo Seresteiros de Capivari.

Pelas redes sociais, Carlos Benedito De Biasi, sobrinho de Fonseca, fez um comunicado sobre o falecimento:

“Comunicamos o falecimento do meu tio, pai e grande amigo, Denizart Fonseca – ‘o velho seresteiro’.

Agradecemos todos os médicos, enfermeiros e auxiliares do Hospital Unimed de Capivari, pelo carinho, competência e presteza, também, todos os que dispensaram seus preciosos tempos orando e emitindo pensamentos de energias positivas e assim, tê-lo ajudado a lutar sua última batalha. Deus abençoe e guarde todos nós”.

O diretor do jornal O Semanário, Túlio Darros, também prestou a última homenagem ao amigo através do perfil no Facebook, confira a íntegra:

deise-denizart-tulio-jornal-o-semanario
Deise Campanholi, Denizart Fonseca e Túlio Darros (Foto: Arquivo/O Semanário)

“Recebi na manhã desta segunda-feira, 6 de julho, a notícia da morte do nosso amigo e colaborador do Jornal O Semanário, Denizart Fonseca, carinhosamente conhecido como Tenente Denizart. Para nós, era apenas o ‘seu Dedê’.

Por motivos particulares, só consegui me manifestar agora sobre essa grande perda para a sociedade rafardense.

Vivemos momentos de muito aprendizado ao longo desses quase 30 anos de parceria. Aos 94 anos, desconheço uma pessoa tão ativa e preocupada com o dia a dia da querida Cidade Coração.
Além de tenente da Aeronáutica, era seresteiro, poeta, escritor, músico e também um patriota nato. Amava Rafard e o Brasil, discursava com muita emoção e defendia a mudança das pessoas através da educação, moralidade e civismo.

Deixou bons exemplos e muitos amigos. Nunca se esquecia de uma data comemorativa. Nesta foto em especial (foto ao lado de Túlio e Deise), produziu a próprio punho um quadro comemorativo em homenagem aos 25 anos do jornal.

Nossas quintas-feiras não serão mais as mesmas sem aquela passadinha na casa do seu ‘Dedê’ para pegar o artigo e bater aquele papo, que ele gostava muito. Nos últimos anos quem assumiu esse cargo foi a minha esposa Deise Campanholi, a qual também respeitava muito o amigo Denizart.

Até o outro dia conversamos sobre um livro que o sobrinho o ajudava produzir. Quem esperava um final sem termos tempo de despedidas.

Vai com Deus nosso amigo. Missão cumprida aqui na terra! Continue aí no seu novo plano espiritual olhando por todos nós, ao lado de outros saudosos amigos, José Maria de Campos, Detinha Colombo, Segisfredo Moretti e Pedrinho Rocha.”

Denizart Fonseca foi enterrado no cemitério municipal São Judas Tadeu. Não houve possibilidade da realização de velório, devido a morte estar relacionada ao coronavírus.

Botão Voltar ao topo