ColunistasDenizart Fonseca

Naquele tempo X

Denizart Fonseca, Cidadão Rafardense, oficial da FAB e professor de Educação Física e Desportos, colaborador desde a fundação do jornal O Semanário

Futebol dos clubes rafardenses
Como foi dito, havia aqui os dois Clubes Sociais, Elite e União com respectivos meios de laser: bailes, festas, desfiles de carnaval e os times de futebol, que ao disputarem entre si, campeonatos regionais, poderiam se comparar com Palmeiras e Corinthians de hoje.

Voltando ao ano 1908, quando o pequeno vilarejo (talvez não contando com 700 habitantes), nele residia o cidadão italiano Floriano Fedrighe (um dos pioneiros fundadores deste solo paulista), que; presenteado por seu irmão Vergílio, residente no Rio de Janeiro onde era Presidente da Liga Interestadual de Futebol, com uma bola de couro (capotão), atendendo ao pedido do irmão dispôs-se a organizar aqui um time de futebol.

Escolhido o local gramado, erguidas improvisadas traves e redes, foram iniciadas as primeiras lições teóricas e treinamentos práticos, das regras como dominar e conduzir a bola com os pés, usadas nesse esporte de origem Inglesa, hoje praticado em todos os países e recém-demonstrado na disputa da “Copa Mundial de Futebol de 2018”. Com sede na Rússia e vencida pela França, no dia 15 de Julho n.p. – como se comemorasse e homenageasse o dia 14 de Julho de 1789, data em que se deu a “Tomada da Bastilha” – derrotando a monarquia pelo povo – uma fortaleza-prisão onde eram encarcerados franceses culpados e inocentes.

Assim como Charles Miller foi em 1894 o introdutor do futebol no Brasil Vergílio Fedrighe o fez na pequena Villa, fundando o Villa Raffard F.C.

A 02 de Junho de 1924, a mocidade local liderada pelos Srs. Carmelindo Rosato, João Zelco e Carmelo Pasqualini, fundou o clube que proporcionaria meios de entretenimento e esportividade ao povo. Ainda por sugestão do Sr. Carmelindo Rosato – que também presidiu a primeira eleição de Diretoria em 22 de Agosto de 1925 – sendo aceita e aprovada, recebeu o nome de Elite F.C., tendo como primeiro Presidente o Sr. Carmelo Pasqualini.

Ao aqui chegarmos a 09 de Julho de 1932 – em plena Revolução Constitucionalista – atendendo aos seus propósitos, encontramos o Clube em total atividade, sendo o time de futebol formado pelos excelentes jogadores: Joanim, Vitório, Herculano, Elídio, Quim, Galvão, Carmelindo, Ferrer, Augusto, Miguel e Braz, trazendo inúmeros troféus conquistados em Campeonatos Regionais.

Foi certamente gratificante ao Sr. Virgílio e seus alunos, sentir que o esforço empregado coroado de êxito nos terrenos desportivo e social, foi recompensado revigorando a matéria e rejuvenescendo o espírito, redundando em “alma sã em corpo são”. Incentivados pelos sucessos dessa Sociedade, a 16 de Fevereiro de 1930, outro Clube foi aqui fundado, com o nome de União Rafardense F.C., que também trouxe em suas atuações festivas e esportivas, muitas glórias para esta terra, tendo como Presidente em sua primeira Diretoria, o Sr. Luís de Campos Sobrinho. – Chicho. (Segue)

Cidadania
Com fraternal abraço, valemo-nos desta oportunidade, para agradecer penhoradamente aos prezados amigos, que nos prestigiam lendo nossos comentários e apoiando as reivindicações apresentadas em benefício da comunidade.

ARTIGO escrito por Denizart Fonseca, Cidadão Rafardense, oficial da FAB e professor de Educação Física e Desportos, colaborador desde a fundação do jornal O Semanário
Os artigos assinados não refletem necessariamente a opinião do jornal. São de inteira responsabilidade de seus autores.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Skip to content