Classificados

Onde encontrar vagas de estágio?

A retomada das contratações traz um alerta para as fraudes e oportunidades falsas. Por isso, deve-se buscar entidades confiáveis

Conseguir uma vaga de estágio é o sonho de muitos jovens brasileiros. Contudo, onde procurar por uma oportunidade real?

Afinal, é preciso ter cuidado com falsas ofertas e empresas oferecendo promessas de uma colocação em troca de fazer cursos, comprar livros, etc. Muitas vezes pode ser pura enganação.

Imagem: Reprodução internet

Os agentes de integração são obrigados por lei a oferecer possibilidades sem cobrar qualquer valor do estudante.

Na página de associados da Abres, aqui no site, há uma lista de instituições sérias, as quais você pode se cadastrar e ampliar suas chances de inserção no mercado. São possibilidades no país todo.

Aliás, mesmo nesse final de pandemia, existem posições de estágio em home office. Assim, morando no Acre, é possível estagiar no Rio Grande do Sul ou mesmo um aluno de Minas atuar em uma companhia do Ceará.

Esse foi um fator acentuado pela Covid-19, apesar de já ser bastante comum para muitos antes da crise e, assim, evitou novas perdas em postos. Um ponto de celebração.

No entanto, ainda há muitos indivíduos fora do mundo corporativo. Por isso, a tendência da atuação remota deve perdurar e ajudar na inclusão dos nossos jovens.

Sobretudo, a grande revolução nas relações de trabalho – com treinamentos on-line, reuniões com compartilhamento de telas e sistemas digitais de controle de ponto – realçou a viabilidade de continuar investindo na juventude, seja presencialmente ou a distância. Afinal, eles estão sempre dispostos a aprender e trazem muitas sugestões de inovações para os concedentes de estágios.

Benefícios para todos os envolvidos

Além disso, para as instituições também é uma vantagem, pois o estágio não gera vínculo empregatício. Assim, ficam isentas de encargos trabalhistas, tais como 13º salário, ⅓ sobre férias, FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e eventual multa rescisória. Isso foi feito, justamente, para incentivar a admissão desse público em busca de dá-los esse primeiro passo na carreira.

Para a moçada também é uma experiência positiva e com benefícios. Ele recebe uma bolsa-auxílio, para ajudar na manutenção financeira do seu aprendizado ou mesmo nas despesas domésticas. Além disso, a carga horária é reduzida, máxima de seis horas diárias e 30h semanais, permitindo-o organizar a rotina entre a entidade e a sala de aula.

Assim, o objetivo é difundir o conhecimento de maneira estratégica, pois somente a educação com qualidade é capaz de transformar essa grande crise brasileira. A partir daí, os efeitos vêm, como a reestruturação das competências – empatia e inteligência emocional – muito abaladas diante da situação delicada do país.

Retomada das contratações

Apesar desse momento turbulento ter aumentado o desemprego e retirado estudantes da faculdade por falta de verba, não conseguiu tirar seus sonhos! Felizmente com a vacinação avançada, a economia tem respirado melhor e a população voltou a ter esperança.

As contratações estão retomando com força e o Brasil precisa de jovens talentosos. Assim, o nosso papel é incluir essa turma no mercado de trabalho. Afinal, eles serão o nosso amanhã!

Carlos Henrique Mencaci é presidente da Abres – Associação Brasileira de Estágios.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Skip to content