ColunistasDenizart FonsecaOpinião

Opinião sobre o homem I

denizart fonseca colunista
Denizart Fonseca, Cidadão Rafardense, oficial da FAB e professor de Educação Física e Desportos, colaborador desde a fundação do jornal O Semanário (Foto: Arquivo)

Ao iniciarmos mais um artigo, sempre na intenção de transmitirmos aos que nos prestigiam lendo-os, bons ensinamentos e exemplos, esclarecemos que a palavra homem, se refere ao ser humano masculino ou feminino.

O papel dos jovens

Chegou a hora de o jovem dar um “basta” no materialismo, por ser ele uma expressão de ignorância e de atraso, isto é, por ser “quadrado”.

Chegou a hora da Grande Revolução Libertadora, que salvará todos os homens do erro de se confundirem com seu próprio corpo material. É o momento em que o Jovem, integrado nas fileiras dos grandes filósofos espiritualistas, tenta libertar-se do erro.

O mundo já sofreu demais com o comportamento imoral do materialismo. Os jovens despertam e, empenhados em sua educação Moral, Cívica e Religiosa, estão dando exemplo aos materialistas deste mundo, com seu comportamento lúcido a salvar-se e querer salvar. Chega de materialismo com suas imoralidades e “quadrado”! Basta! Chegou o momento de o Espírito reger o mundo.

A pessoa humana

A palavra vem do latim – persona – que designava a máscara que os atores do teatro usavam, para atrás dela, falar (sonare) e desempenhar seus papéis.

A pessoa ou personalidade é, como se vê uma simples máscara, isto é, a parte concreta, perceptível do indivíduo, aquilo com que ele se apresenta. De certa maneira, é algo sem autenticidade. Realmente a personalidade é formada de acordo com que a sociedade dela espera.

Não somos realmente o que aparentamos. Em verdade, não somos esta personalidade que a própria sociedade formou e continua formando. No fundo dela, há um ser autêntico, grandioso, radioso, liberto, radioso e divino, que a personalidade não deixa revelar-se.

Com a personalidade, conseguimos ser aceitos no ambiente em que vivemos, sendo assim algo conveniente, mas efêmero. É algo útil, pois nos permite conviver, mas não é o que somos. O Ser Real que somos, vive em sua integridade divina como que embuçado, escondido lá dentro de nós…

Jesus e muitos mestres espirituais sempre repetiram que “o Reino de Deus está dentro de vós” e assim é, dentro de nós se encontra esta Transcendente Inteligência e Potência que cria, transforma e mantém o Universo inteiro. Disse bem o apóstolo: ”sois Deus e vós o esquecestes” e por isso mesmo, Sócrates, ensinando seus discípulos a Realizar a Individualidade Divina, dentro deles, dizia-lhes: “Conhece-te a ti mesmo”.

O mesmo ensinam o Yoga, o Budismo e o Cristianismo. Repare nos homens vulgares. Eles se imitam uns aos outros, procurando se mesmificar (gostar das mesmas músicas, mesmas roupas, mesmos divertimentos, mesmas preferências, mesmos comportamentos…).

Repare nos homens, veja que, são uma coisa quando na presença de outros, e outros quando a sós. Observe em si mesmo e verá que, para agradar ou para ser aceito tem se comportar de maneira diferente do que gostaria.

Quando você encontra alguém que pense e se conduza num padrão moral superior, e, portanto, diferente da vulgaridade, esse alguém lhe inspira respeito e confiança, admiração e amizade. Costuma-se dizer que esse indivíduo tem personalidade marcante.

Seria melhor dizer que está manifestando sua individualidade. Em verdade, o homem evoluído, está vencendo sua personalidade vulgar e conseguindo maior ligação espiritual com a Divina Individualidade, ou seu Cristo interno, o Reino de Deus dentro de si.
A individualidade é o Espírito, o cosmonauta lúcido. –Segue.

Cidadania

Apesar de algumas melhoras, o povão continua não colaborando com a administração desta cidade. Vamos trabalhar juntos. É isso.

ARTIGO escrito por Denizart Fonseca, Cidadão Rafardense, oficial da FAB e professor de Educação Física e Desportos, colaborador desde a fundação do jornal O Semanário
Os artigos assinados não refletem necessariamente a opinião do jornal. São de inteira responsabilidade de seus autores.

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar