Editorial

Parabéns à cidade do nosso coração

editorial-aniversário-rafard
Foto ilustrativa

Não há espaço para muitas comemorações, afinal, todos os eventos foram cancelados devido o Coronavírus, mas isso não impede de ressaltarmos a importância do 21 de março, quando Rafard completa 55 anos de emancipação político-administrativa.

A cidade teve sua colonização marcada por imigrantes, na sua maioria italianos. Júlio Henrique Raffard

movimentou a cidadezinha com a indústria açucareira e com a produção de álcool.
A partir de 1875 foram chegando os primeiros italianos aos sítios e fazendas da região. Esses mesmos imigrantes viram a Villa Henrique Raffard se transformar em Villa Raffard e depois, tornar-se Rafard.

A história de Rafard não muda, pode ser contada de diversas maneiras e por dezenas de pessoas que a celebram em suas memórias.

De forma poética, nossos sonhos se lançam na realidade de agora, procurando na defesa do progresso, que ainda não encontramos aqui, a beleza que um dia encantou os imigrantes e impulsionou o povo na luta pelos seus direitos políticos.

O cenário de Rafard de Júlio Henrique, do Padre Manoel Simões de Lima, de Genaro Vigorito e de todos os que conquistaram essa nossa linda terra e que por ela lutaram na emancipação, já não é mais o mesmo, tão belo. Mas a cada um de nós cabe o amor e o respeito pela terra que faz brotar o alimento e o combustível, parte do futuro.

A cada um de nós cabe também a vontade e o impulso suficientes para trabalhar politicamente para este município se desenvolver a ponto de termos uma Rafard tão próspera como a de outrora, quando os nossos poetas a chamaram de “terra querida, de nossas vidas, de encantos mil”.

Parabéns nossa amada Rafard!

Estendemos também as felicitações à cidade de Mombuca, que nesta mesma data, assopra o mesmo número de velinhas.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar