Capivari

Pedidos para Capivari são entregues por presidente Du Bombonatti às Secretarias de Desenvolvimento Social, Habitação, Logística e Transporte e Defesa Civil do Estado de São Paulo

Foto: Divulgação/Câmara de Capivari

O presidente da Câmara Municipal de Capivari, Du Bombonatti “Tambú” (Republicanos), iniciou nesta semana as visitas às secretarias de estado. Na terça-feira, 08, ele esteve com a secretária de estado de desenvolvimento social, Célia Parnes, solicitando informações sobre programas para Capivari e sobre a destinação de recursos para o Cras (Centro de Referência da Assistência Social) do bairro Moreto.

Ainda no mesmo dia, o vereador conversou com representantes da Secretaria de Habitação do Estado de São Paulo – Fernando Fiori de Godoy (chefe de gabinete) e Erik Rodrigues Vieira (secretário executivo do programa “Cidade Legal”) – também sobre programas para a cidade, em especial o “Cidade Legal”, que tem como objetivo a regularização de imóveis.

Na quarta-feira, 09, a agenda de visitas começou com o coordenador de apoio aos municípios, Clodoaldo Pacce Filho, da Secretaria de Logística e Transporte do Estado de São Paulo.

“A conversa foi muito produtiva. Falamos sobre a comissão criada para debater assuntos relacionados à Rodovia SP 101 e solicitamos também ajuda para a duplicação da Rodovia do Açúcar [SP 308], no trecho Capivari à Salto.

Sabemos que existe uma concessionária responsável, mas o governo pode dar apoio à questão”, relata Du Bombonatti.

O constante problema com enchentes sofrido pelo município foi pauta da reunião com o secretário-chefe da casa militar e coordenador da defesa civil do Estado, Walter Nyakas Júnior, e com o tenente-coronel Katibe, no final da tarde de quarta-feira.

O presidente da Câmara explicou as necessidades e solicitou ações e maquinário para o desassoreamento do Rio Capivari, o envio de equipe especializada em análise de riscos que possa propor melhorias ao combate às enchentes e a destinação de material mais moderno para atuação nesses casos, em parceria com a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado (que é o órgão responsável).

“É importante termos esse contato direto com o Governo do Estado e Federal, termos conhecimento dos programas e levarmos as nossas necessidades.

Também é uma oportunidade de fiscalizarmos se os convênios com a Prefeitura estão ativos e regularizados. Infelizmente, não obtivemos a liberação dos secretários municipais para irem junto, mas isso não desmotivará o nosso trabalho.

O intuito é sempre pensar na população”, avalia Du Bombonatti, que na próxima semana irá para Brasília.

Botão Voltar ao topo
Skip to content