Capivari

Polícia Civil de Capivari cumpre mandados relacionados ao tráfico e abuso sexual

Mais uma semana agitada para a Polícia Civil de Capivari, que realizou operações de combate à crimes de tráfico e violência sexual.

Na tarde de última sexta-feira (10), os policiais cumpriram um mandado de internação provisória, contra um adolescente suspeito de abusar do próprio sobrinho, de apenas 4 anos de idade.

Segundo a polícia, as investigações tiveram início logo após a comunicação do possível estupro de vulnerável. O caso veio à tona, após a vítima relatar o caso para a mãe, que constatou sangue no corpo do menino.

Foto: Divulgação

De acordo com a Polícia Civil, a criança confirmou o fato perante a psicóloga, durante escuta especializada.

“Com base nas informações, vista a gravidade dos fatos e a existência de fortes indícios da prática do crime sexual contra vulnerável, levei ao conhecimento judiciário os fatos e solicitei a decretação de internação provisória para busca e apreensão do adolescente”, relata a delegada, Dra. Maria Luísa Dalla Bernardina Rigolin.

O mandado de busca e internação provisória foi cumprido pelos policiais civis de Capivari, que localizaram o adolescente e encaminharam à Delegacia para as providências.

Abuso de duas crianças

A Polícia Civil levou a público o cumprimento de mandado de prisão temporária de um homem de 59 anos. Ele foi preso na manhã de terça-feira (14), suspeito de ter abusado sexualmente de duas meninas, uma de 6 e outra de 8 anos.

Segundo a polícia, o crime foi denunciado pelos pais das vítimas, após a criança de 6 anos relatar que o homem estaria abusando dela e da prima. Elas eram ‘cuidadas’ pela esposa do suspeito.

O caso foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher de Capivari e dadas as circunstâncias apresentadas, segundo a polícia, com os fortes indícios de autoria por parte do indivíduo em decorrência do crime de estupro de vulnerável, a delegada titular, Dra. Maria Luísa, solicitou ao Poder Judiciário, a prisão temporária do homem.

O cumprimento da prisão foi realizada pela equipe do Setor de Investigações Gerais da DDM. O homem foi detido e levado à Delegacia de Defesa da Mulher, e posteriormente transferido até a cadeia participativa de Piracicaba.

“Vale destacar que as vítimas receberam todo apoio necessário, desde médico, atendimento psicológico/auxílio indispensável”, revela a delegada.

Ela orienta que casos de abuso sexual sejam denunciados na Delegacia de Defesa da Mulher, pelos telefones: 19 3491-2563 ou 3491-1422, também pelo e-mail [email protected].

Tráfico

Ainda na terça-feira (14), o Setor de Investigações Gerais da Polícia Civil de Capivari também realizou a prisão preventiva de um homem de 22 anos, cumprindo mandado expedido pelo fórum local.

Segundo a polícia, o homem foi autuado em flagrante, no mês de março de 2021, pelo crime de tráfico de drogas. Na ocasião, ele deixou a prisão após alvará de soltura.

No entanto, enquanto estava em liberdade, decorrente de medidas cautelares alternativas à prisão, o homem deixou de cumprir algumas determinações, se mudando para local incerto sem comunicação e autorização judicial.

Ele foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia de Capivari, posteriormente, transferido para a Delegacia Participativa de Piracicaba.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Skip to content