Capivari

Polícia Civil e GCM realizam segunda fase da ‘Operação Integrada’

Na manhã de quinta-feira (7), a Polícia Civil e a Guarda Civil de Capivari realizaram a segunda fase da ‘Operação Integrada’, visando combater o tráfico de drogas na cidade.

Segundo a polícia, a ação resultou na prisão de dois homens, depois que a equipe localizou uma estufa com vasos de maconha, entorpecentes, além de diversos materiais provenientes do tráfico de drogas.

“Nesta fase da operação, as equipes deram continuidade aos trabalhos realizados anteriormente, que tinha com o intuito dar cumprimento a mandados de buscas e apreensão”, diz a nota da PC.

Foto: Reprodução internet

As equipes, comandadas pela delegada titular, Dra. Maria Luísa, diligenciaram em dois bairros da cidade visando apurar as denúncias sobre o fornecimento de entorpecentes.

Em uma residência, os policiais localizaram a estufa mencionada, mudas de maconha, anabolizantes, materiais para embalos de entorpecentes, dentre outros. O indivíduo que reside ali, ora autuado em flagrante, estava sendo investigado pela mercancia de entorpecentes.

Na casa do outro homem preso, a polícia encontrou porções de maconha, balança de precisão, dichavador de drogas, além de uma máquina de cartão, e outros materiais relacionados ao crime. Celulares e cadernos de anotações também foram apreendidos.

Participaram da ‘Operação Integrada Fase 2’, as equipes da Polícia Civil de Capivari e Guarda Civil Municipal de Capivari, contando com o auxílio do cão farejador da PC, Thor.

Os indivíduos foram encaminhados até à delegacia de Capivari, onde foi lavrado o auto de prisão e posteriormente transferidos até a Cadeia Participativa de Piracicaba, onde aguardam pela audiência de custódia.

Denuncie pelo WhatsApp

Agora, a Polícia Civil de Capivari tem mais um canal de denúncia à disposição da sociedade. Desde o dia 1º de outubro, moradores já podem encaminhar as denúncias através do aplicativo de mensagem WhatsApp, pelo número (19) 98915-9948.

O intuito, segundo a polícia, é ampliar a comunicação entre moradores e a Polícia Civil. A iniciativa deve promover ainda mais agilidade nos atendimentos das denúncias.

“O munícipe pode fazer sua denúncia, de forma anônima (sigilo absoluto), exemplificando a ocorrência por texto, enviando também áudio, foto e vídeo”, explica a delegada Maria Luísa.

Segundo ela, o canal de denúncias pelo WhatsApp vai ampliar o atendimento à população, gerando maior celeridade nas investigações elaboradas pelo Setor de Investigações Gerais (SIG).

“Espera-se que, com o aplicativo, a quantidade de informações e denúncias recebidas se eleve, principalmente em casos relacionados ao tráfico de drogas. Vale ressaltar que esse novo número não é único em que o munícipe poderá realizar as denúncias.

A polícia ainda conta com o número fixo da Unidade Policial – (19) 3491-1422 / 3491-1424, bem como da Delegacia de Defesa da Mulher Capivari – (19) 3491-2563 / 3491-4181”, finaliza a delegada.

Dra. Maria Luísa garante que todas as denúncias serão averiguadas de maneira minuciosa, tendo como objetivo verificar as informações, sem o envolvimento da fonte, evitando assim a exposição a qualquer tipo de risco.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Skip to content