DestaquesRafard

Prefeitura declara Itapeva como núcleo urbano; projeto será votado na Câmara

A Prefeitura de Rafard deve declarar a Colônia Itapeva, mais conhecida como Fazenda Itapeva, como núcleo urbano. O projeto dará entrada no expediente da Câmara Municipal, na sessão ordinária de terça-feira (26), e deverá ser votado nos próximos dias.

A área, localizada na zona rural de Rafard, foi doada pela empresa Radar Propriedades Agrícolas SA e tem mais de 18 hectares de terra. Ao município, ficou a responsabilidade de implementar no local um projeto habitacional, onde participariam moradores residentes no ano de 2014, nas colônias Leopoldina, Coqueiro, São Bernardo e Itapeva.

Segundo o Executivo, para a implantação de projeto, é necessário que o imóvel seja declarado núcleo urbano, já que a finalidade é a constituição de um polo urbano dentro do perímetro rural.

Construções estão paralisadas até regularização dos documentos; dezenas de casas já foram erguidas no local (Foto: Túlio Darros/Arquivo O Semanário)

Construções irregulares

Em 2017, denúncias de construções sem documentação fizeram com que o prefeito da época, Ilson Donizete Maia, decretasse a paralisação das obras, que aconteciam em regime de mutirão. Isso não impediu que diversas residências fossem construídas sem qualquer tipo de autorização e fiscalização dos responsáveis.

O diretor de Habitação, Emerson Ferreira, e o prefeito de Rafard, Carlos Roberto Bueno, se reuniram no fim de 2019 com representantes da COHAB Bandeirante.

O objetivo era desburocratizar e agilizar a regularização e averbação de parcelamentos de solo e de núcleos habitacionais para fins residenciais, sejam públicos ou privados, na Fazenda Itapeva.

Análise-de-água-é-feita-em-novo-poço-de-Itapeva
Poço artesiano ainda não foi ativado para fornecer água aos moradores (Foto: Arquivo/Prefeitura de Rafard)

E a água

Outro problema enfrentado na Fazenda Itapeva é a falta de água potável. Um poço artesiano foi construído em parceria com a Usina Raízen e a Radar para atender os moradores, mas até o momento não entrou em funcionamento.

Segundo informações, ainda existem problemas com a qualidade da água e o poço só entrará em funcionamento quando essa questão for resolvida.

Botão Voltar ao topo