DestaquesSaúde

Profissionais da saúde e indígenas podem fazer pré-cadastro para receber vacina

Após o primeiro dia de vacinação da Coronavac em São Paulo, o governador do Estado, João Doria, realizou uma live nessa segunda-feira (18) e destacou os próximos passos da vacinação.

Doria explanou o Programa Estadual de Imunização, abordando logística, transporte e o site para realizar o pré-cadastro, o www.vacinaja.sp.gov.br

Sobre a logística e transporte, o governador informou que as doses do Instituto Butantan foram encaminhadas hoje através de caminhões refrigerados, com chegada prevista para as 14h em cinco grandes clínicas hospitalares do interior de São Paulo, que são: Campinas, Botucatu, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto e Marília. Os profissionais de Saúde serão os primeiros a serem vacinados.

O secretário de Saúde do Estado, Jean Gorinchteyn, alertou que esta foi a pior semana epidemiológica do Estado de São Paulo, registrando 11.300 casos com o total de 227 óbitos. O discurso do secretário reforçou que a população não pode “baixar a guarda”, cumprindo o protocolo de segurança.

Vacina Já

Lançado ontem (17), o site para pré-cadastro da vacinação, www.vacinaja.sp.gov.br, já registrou mais de 500 mil pessoas. O pré-cadastro não se trata de um agendamento e sim de uma forma de agilizar o processo, evitando aglomerações nos postos de saúde. A inscrição é gratuita e não obrigatória, podendo ser feita por qualquer computador, celular, tablet, etc.

Através do site também é possível ter acesso a todos os pontos de vacinação. Para isso, basta preencher o CEP ou endereço, que um mapa atualizado mostrará todos os locais disponíveis em um raio de até 100km.

Neste momento o público-alvo são os profissionais da saúde e os indígenas, porém qualquer pessoa pode fazer o cadastro.

Botão Voltar ao topo