DestaquesRafard

Projeto de Arborização prevê mais qualidade de vida ambiental em Rafard

A Divisão de Meio Ambiente da Prefeitura de Rafard deu início a um Projeto de Arborização, que tem por objetivo fazer parcerias para o plantio de árvores, começando pelo perímetro urbano, e a longo prazo, se expandindo para a área rural, com o reflorestamento das áreas de preservação permanente.

A previsão para o início do plantio nas vias públicas é para o segundo semestre de 2021, entre os meses de julho e agosto, com a primeira fase começando pelo bairro da bomba e área central do município.

Entre os benefícios da iniciativa, segundo dados do projeto, estão a diminuição da poluição e do calor, aumento da qualidade de vida ambiental, maior absorção da água da chuva, o que auxilia na prevenção de enchentes, e embelezamento da cidade.

“O projeto está na fase inicial e uma das ações é o Inventário de Arborização Urbana, que é um diagnóstico preciso do município, quanto à necessidade, quantidade de árvores existentes e os locais do novo plantio”, afirma a engenheira florestal civil, Natália Sampaio Santos, que também é chefe da Divisão do Meio Ambiente de Rafard.

A engenheira explica também, que as árvores são, comprovadamente, agentes diretos na melhoria da qualidade de vida da população, e que o município de Rafard, de acordo com uma resolução emitida, desde 2007, pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente, é apontada como área prioritária para o reflorestamento, e que segundo os dados levantados, apenas 10,2% de seu território é arborizado.

natália-sampaio-projeto-arborização-rafard
Natália Sampaio Santos explica que projeto está na fase de inventário de arborização urbana (Foto: Arquivo pessoal)

Para que o projeto possa começar na prática, será preciso passar pela aprovação da Câmara Municipal. Nas próximas semanas dará entrada no Legislativo o Projeto de Lei de Arborização Urbana de Rafard, um passo importante para o início do projeto, uma vez que, segundo Natália, o município ainda mantém legislação desatualizada quanto à temática ambiental.

O financiamento das etapas de arborização será com recurso próprio do governo municipal, e o projeto visa também parcerias com órgãos como a CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz), visando o plantio seguro de árvores e a adaptação dos fios da rede elétrica, e o Consórcio das Bacias PCJ, com a doação de mudas.

Os munícipes também podem aderir à iniciativa plantando mudas de árvores em frente às suas casas ou terrenos particulares. Para isso, é preciso solicitar as orientações para o plantio correto e as mudas mais adequadas. As informações podem ser obtidas através do e-mail [email protected] ou pelo telefone 3496-5819.

Ivanete Cardoso

Jornalista - MTB 57.303
Botão Voltar ao topo
Skip to content