DestaquesRafard

Rafard abre inscrições para projeto de Coleta Seletiva Porta a Porta

Projeto vai identificar coletores e incentivar moradores a separar os recicláveis

Coletores de materiais recicláveis de Rafard já podem se cadastrar no Projeto Coleta Seletiva Porta a Porta, uma iniciativa da Divisão Municipal de Meio Ambiente.

Entre os objetivos, está a redução da quantidade de material reciclável que vai direto para o aterro sanitário, e ainda, implantar melhorias na gestão municipal de resíduos sólidos, conforme prevê a Política Nacional de Resíduos Sólidos, prevista na Lei 12.305/2010.

O cadastramento já começou e vale para empresas com CNPJ, ou coletores individuais de reciclagem, com interesse na coleta em Rafard.

Os cadastrados na Coleta Seletiva Porta a Porta não serão remunerados pela prefeitura, e de acordo com a Divisão do Meio Ambiente, o projeto tem objetivo de identificar questões de vulnerabilidade social relacionadas à coleta, com estudos de projetos futuros de inclusão.

“Toda população que trabalha com coleta de reciclagem será atendida. O projeto não tem uma remuneração, porém, há metas importantes, como identificar as questões sociais e econômicas destes trabalhadores, como melhorar as condições de trabalho e buscar alternativas de inclusão social”, explica Natália Sampaio dos Santos, chefe da Divisão de Meio Ambiente de Rafard.

A partir do cadastro, os munícipes passarão a receber sacos verdes para que possam, em casa, separar os materiais recicláveis do lixo orgânico. As sacolas serão distribuídas gratuitamente pelo governo municipal, como forma de incentivo para separação dos resíduos.

Os coletores inscritos no projeto serão convidados para atividades de capacitação e treinamento sobre a Coleta Seletiva, o que irá incluir, por exemplo, a prática no dia a dia da coleta junto aos moradores dos bairros.

O meio ambiente agradece

De acordo com dados da Divisão Municipal de Meio Ambiente, cada morador rafardense gera em torno de 730 gramas de lixo/dia, o que representa 22 quilos de lixo/mês por habitante de Rafard. Em um ano, cada munícipe chega a produzir 264 quilos de resíduos.

A ideia de sustentabilidade com o projeto da coleta é fazer com que boa parte destes resíduos seja reaproveitada, e que não chegue ao aterro sanitário.

“A coleta seletiva é muito importante para o planeta. Com a reciclagem, os recursos naturais deixam de ser explorados, o que garante mais sustentabilidade, e com isso, as gerações futuras terão mais acesso aos recursos naturais. Todos ganham com o reaproveitamento da matéria prima”, explica Natália.

O reaproveitamento dos resíduos começa exatamente dentro de casa, separando o lixo doméstico de forma adequada. Separar o material reciclável do lixo orgânico (restos de comida, frutas e verduras) é o primeiro passo. Os recicláveis devem ser embalados em sacos ou embalagens adequadas para facilitar o recolhimento pelos coletores.

Uma forma prática de começar, é separar o papel reciclável, como caixas, papelão, jornais e revistas, de forma seca e limpa, sem que estejam sujos de gordura ou restos de comida. Do outro lado vale colocar plásticos, vidros e metais, incluindo as embalagens de bebidas, sucos, leite e comidas congeladas. É importante também manter estas embalagens limpas, pois o acúmulo de resíduos podem provocar o mau cheiro, ou até mesmo, atrair animais indesejáveis.

Restos de comida, frutas e verduras, podem ainda, serem transformadas em compostagem, que é um ótimo adubo para plantas e hortas, que podem ser produzidas no quintal de casa.

Como se cadastrar

O cadastro da Coleta Seletiva Porta a Porta deve ser feito na Divisão do Meio Ambiente, que fica no mesmo prédio do Departamento de Água, localizado na rua Allan Rolim Barbosa, 248, no bairro Popular, em Rafard, das 8h às 16h.

É necessário levar comprovante de endereço e documentos pessoais para o preenchimento da ficha cadastral, que está disponível para Pessoa Física e Pessoa Jurídica. Cópias dos documentos de RG e CPF também serão solicitados.

Mais informações sobre o projeto e o esclarecimento de dúvidas podem ser solicitadas pelo e-mail: [email protected] ou pelo telefone: (19) 3496-1949.

Ivanete Cardoso

Jornalista - MTB 57.303

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Skip to content