DestaquesMombuca

Ruth não traz arrependimentos dos 24 anos de serviço público

Encerrando o mandato em Mombuca, a prefeita Maria Ruth Bellanga de Oliveira concedeu entrevista ao Jornal O Semanário e fez uma avaliação de suas conquistas, desafios e o que não foi possível concretizar durante sua passagem pela prefeitura.

Confira a íntegra das respostas nesta exclusiva para o periódico.

ruth-prefeita-de-mombuca
Prefeita Ruth se despede e deseja sorte ao sucessor (Foto: Arquivo pessoal)

O Semanário – Em 2020, o Brasil viveu o episódio atípico da chegada do coronavírus. Como isso afetou o planejamento de sua gestão na Prefeitura? Quais foram as maiores dificuldades até o momento?

Ruth – Graças as diretrizes e protocolos de prevenção realizado pela nossa gestão, Mombuca foi uma das últimas cidades a registrar o primeiro caso de coronavírus. Mesmo assim, fomos muito afetados, pois tivemos que adotar várias medidas para conter a pandemia. Também sofremos uma queda significativa na arrecadação do município. Uma das maiores dificuldades foi a paralização de todas as atividades escolares, culturais e esportivas. Sabemos que os pais não tem onde deixar seus filhos para irem trabalhar. E isso é um transtorno para todos nós!

O Semanário – Cite três conquistas das quais você destacaria como principais nestes quase quatro anos de mandato como prefeita de Mombuca.

Ruth – Muitas foram as conquistas do nosso governo, e será difícil resumir nesse espaço, em torno de 60 conquistas importantes para o nosso município. A redução no déficit habitacional, com a aquisição dos terrenos e a entrega de 76 moradias; A reforma geral da escola municipal “Professora Argentina Francês” estruturada como uma escola de primeiro mundo; inauguramos duas novas creches, uma no centro e a Creche Pró Infância, no bairro Vila Nova; asfalto no bairro Césare Purgatto; recape em todas as ruas do bairro Vila Nova; aquisição de veículos novos.

O Semanário – O que estava entre suas prioridades na Administração e que não será possível concretizar até o dia 31 de dezembro? Quais os principais motivos que impediram que esta prioridade fosse alcançada?

Ruth – A recuperação total da Estrada Vicinal MBC 040, que devido à falta de aprovação do financiamento com a Caixa Econômica Federal (FINAME), ficamos impedidos de executar a obra; a legalização dos terrenos do núcleo B e M, no bairro Vila Nova, através do Programa Cidade Legal, mas que somente os terrenos do núcleo M estão aprovados para serem entregues no próximo ano; a reforma das piscinas e também a reforma da Praça da Igreja Matriz, não conseguimos concretizar por falta de recursos.

O Semanário – Como você avalia os resultados de sua gestão como prefeita do município? Faria algo diferente do que fez até hoje?

Ruth – Evidentemente, não conseguimos realizar tudo que queríamos, mas temos a certeza de que fizemos muito além do que as condições nos permitiam. Mesmo com muitas dificuldades, procuramos fazer com eficiência e atendemos a todos da melhor maneira. Aproveito a oportunidade para agradecer a população que sempre confiou em mim e na minha capacidade de governar Mombuca. Nunca tive a ilusão do acerto absoluto e das ações irreparáveis, pois os erros fazem parte da humanidade. E para nós será sempre um aprendizado.

O Semanário – Encerrando seu mandato à frente do Executivo de Mombuca, quais são suas futuras pretensões políticas?

Ruth – Ainda é cedo para confirmar minhas pretensões políticas futuras! Só posso dizer que dediquei mais de 24 anos ao serviço público municipal de Mombuca, e o arrependimento jamais terá espaço em meu coração. Ao contrário, sou muito grata a população de Mombuca pelo carinho, confiança e o apoio de sempre. Vou continuar atendendo a todos que precisam, sem exceção. Contem comigo!

O Semanário – Que mensagem você deixaria para o próximo prefeito a partir de 2021.

Ruth – Gostaria de parabenizar o prefeito eleito, Rogério Ap. Alcalde (Formiguinha), pela vitória nas últimas eleições em Mombuca. Que, juntamente com sua equipe, possa realizar um ótimo trabalho, e tenha condições favoráveis para governar nossa cidade, com sabedoria para enfrentar e resolver os problemas que virão. Que nos próximos 4 anos, suas ações de governo sejam em benefício de todos, com transparência e muita responsabilidade, Deus abençoe!

O Semanário – Qual sua mensagem de final de mandato para os mombucanos.

Ruth – Queridos amigos de Mombuca, estamos chegando ao final de mais um mandato. Agradeço a todos pela confiança em mim depositada e o apoio que me deram ao longo desse período. Com muita gratidão e a certeza, que fizemos tudo o que estava ao nosso alcance, saímos de cabeça erguida, celebrando todas as conquistas do nosso governo. Muito obrigada, Deus abençoe a todos com muita saúde e paz no coração.

Ivanete Cardoso

Jornalista - MTB 57.303
Botão Voltar ao topo