CapivariDestaques

Saae Capivari reajusta tarifa de água e esgoto em 11,7%

Foto: Divulgação/SAAE Capivari

Mesmo com reajustes, autarquia defende que água em Capivari ainda é uma das mais baixas da região

A Agência Reguladora de Saneamento das Bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (ARES PCJ), autorizou o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Capivari (Saae), a reajustar as tarifas em 11,7%, a partir deste mês – novembro de 2019. A resolução nº 308/2019 foi publicada no dia 20 de setembro de 2019.

Segundo a autarquia, o principal índice para o reajuste das tarifas foi aplicado para o real equilíbrio financeiro de 2020 e, seguindo a Lei Federal 11/445.

“Além dos investimentos em saneamento básico, como água coletada, tratada e distribuída, os demais insumos como, produtos químicos, combustíveis, peças mecânicas e hidráulicas, também tiveram os preços corrigidos ao longo dos últimos anos, impactando no orçamento”, explica a direção do Saae.

Outro fator importante, segundo a autarquia, são os investimentos com infraestrutura de coleta e tratamento do esgoto, bem como com as contrapartidas de obras em andamento em Capivari.

• Implantação do Coletor Tronco de Esgoto Central, Estação Elevatória e linha de recalque = R$ 538 mil
• Implantação do Coletor Tronco de Esgoto Engenho Velho = R$ 379 mil
• Estação de Tratamento de Lodo da Estação de Tratamento de Água (ETA II) = R$ 378 mil

Segundo o superintendente do Saae, José Luiz Cabral, o tratamento de lodo da ETA I também exigirá custos operacionais em 2020, bem como em energia elétrica e destinação final do lodo tratada, compromissos esses com o meio ambiente e o Programa Estadual Município Verde e Azul.

“Outras ações como a troca da frota de veículos e a limpeza da Represa Milhã, manutenção em poços artesianos, projetos de engenharia e alambrados, são alguns dos compromissos já definidos para 2020”, completa Cabral.

Com a ampliação da ETE Porto Alegre e com a ETE Castelani em operação, o Saae registrou o aumento na utilização de produtos químicos, que também impactaram no reajuste devido aos custos operacionais, principalmente com energia elétrica.

2018

A autarquia também salientou que em 2018 não houve reajuste nas tarifas de água e esgoto.

“As reservas estão sendo usadas para pagamentos do precatório em função da ETE Castelani, no valor de R$ 920 mil. Emergências ao longo do ano são comuns e precisamos ter recursos disponíveis para conseguir realizar o que for necessário”, defende o superintendente.

Cabral explica que os reajustes de tarifa são necessários para que se administre o patrimônio público com responsabilidade, visando o equilíbrio econômico-financeiro da autarquia.

“É comum que as pessoas comparem o valor da água de Capivari com outras cidades da região. No entanto, uma simples comparação identifica que nossos preços continuam melhores, se comparado com nossa região”, finaliza.

Tarifas

O valor da tarifa mínima residencial de água e esgoto para 10m³ em Capivari passa a custar R$ 41,47. No comparativo com municípios da região, apresentado pelo Saae, a tarifa só é mais cara que Santa Bárbara e Americana. Já em Mombuca, Elias Fausto, Monte Mor, Campinas, Indaiatuba, Porto Feliz, Tietê e Nova Odessa, apresentam valores maiores, que variam de 14% a 91%.

Confira a tabela comparativa apresentada pelo Saae Capivari:

tabela de tarifa de água residencial saae capivari 2019

Resolução

CLIQUE AQUI e confira a resolução do Ares PCJ, com os valores atualizados de todas as tarifas de serviços oferecidos pelo Saae Capivari.

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar