CapivariDestaques

Sindicato do Comércio acredita que 2021 será melhor para as vendas no Dia dos Namorados

Sábado, 12 de junho, Dia dos Namorados, é a terceira data comemorativa do ano em que a expectativa de venda cresce entre os comerciantes e lojistas do comércio de rua.

Para os lojistas, a melhor data do ano para o comércio é o Natal, que ocupa o primeiro lugar, seguido do Dia das Mães, e na sequência o Dia dos Namorados. Para este ano, a expectativa é de crescimento na margem de 2,5 a 4%, se comparado a junho de 2020.

A leitura otimista para a data é do Sindicato Comércio Patronal de Capivari, que utiliza dados da pesquisa recente da Confederação Nacional do Comércio (CNC), uma entidade sindical que reúne mais de mil sindicatos do setor de comércio de todo o território brasileiro.

eder-antonelli-presidente-do-sindicato-do-comércio-de-capivari
Eder Antonelli, presidente do Sindicato do Comércio de Capivari (Foto: Arquivo pessoal)

“A expectativa para o Dia dos Namorados deste ano ainda é baixa, mas já é uma boa notícia para o comércio que vem enfrentando o segundo ano de queda nas vendas por conta da pandemia”, afirma Eder Antonelli, presidente do Sindicato em Capivari, que participou na semana passada, de reunião online com representantes da CNC.

A pesquisa também aponta quais serão os setores do comércio de rua que vão liderar entre os casais na hora de comprar o presente. As lojas de roupas têm previsão para serem as mais procuradas, seguida das vendas de calçados e acessórios. Vendas de cartões e flores também estão na fila, seguidos pelo movimento em lanchonetes e restaurantes. Também deve haver melhora para as perfumarias e lojas de produtos de beleza.

A expectativa, segundo Antonelli, é que o comércio não feche mais as portas por conta da pandemia. De acordo com dados do Sindicato, desde o começo das restrições para conter a Covid-19, o comércio passou cerca de 50 dias no vai e vem do abre e fecha, mantendo apenas o sistema drive-thru.

“Com o comércio de portas abertas, tivemos, por exemplo uma melhora em torno de 25% nas vendas no Dia das Mães deste ano, quando comparado com a mesma data em 2020, no auge da pandemia, quando o comércio de rua estava fechado”, afirma.

De acordo com a Prefeitura de Capivari, que segue as determinações previstas no Plano São Paulo, o horário de funcionamento do comércio segue sem alteração. As lojas e demais estabelecimentos comerciais podem abrir até às 21h, com funcionamento máximo de oito horas diárias, e permissão de 40% de ocupação dos espaços físicos.

Ivanete Cardoso

Jornalista - MTB 57.303
Botão Voltar ao topo
Skip to content