Capivari

A saga de um time vencedor

Equipe do Capivariano Futebol Clube sauda torcida capivariana após ótima campanha e conquista do acesso à A3 do Campeonato Paulista de Futebol

Como há anos não se via, o torcedor do Capivariano hoje enche o peito para falar o nome do time, elogiar jogadores, comissão técnica, diretoria e, é claro, a campanha vitoriosa da equipe no Campeonato Paulista da Segunda Divisão, que mesmo com a perda do título para o Independente de Limeira não foi ofuscada.
Nas últimas edições da competição, a torcida havia se acostumado a ver participações modestas do Leão da Sorocabana. Em 2010, por exemplo, o time conquistou apenas 11 pontos em 14 jogos e nem avançou à segunda fase.
Neste ano, porém, o cenário foi completamente diferente. As arquibancadas do Carlos Colnaghi, antes quase vazias, ficaram pequenas para a torcida, que, como um 12º jogador, compareceu em massa para empurrar o time. E o apoio deu resultado dentro de campo.
Na primeira fase, que começou em abril, o Leão dividiu o Grupo 4 com outras sete equipes: Desportivo Brasil, Elosport, Sumaré, Osasco, Cotia, Primavera e Atibaia. O início não foi dos mais animadores. O time teve cinco vitórias, seis empates e três derrotas e a classificação só veio na rodada final, graças a uma combinação de resultados (o Primavera, que brigava pela quarta e última vaga, só empatou com o Cotia e deu adeus à competição). Dos 42 pontos disputados, o Capivariano faturou 21, aproveitamento de 50%.
Depois do começo complicado, a vida começou a melhorar para o Leão. Na segunda fase, a equipe enfrentou Bandeirante de Birigui, Guariba e Guaçuano. Foram cinco vitórias, um empate e o primeiro lugar do grupo, com 16 pontos.
Embalado, o Capivariano foi para a terceira fase e mostrou a Votuporanguense, Primeira Camisa e Jacareí sua força. Com cinco vitórias e uma derrota, o time chegou aos 15 pontos e garantiu a classificação novamente na primeira colocação do grupo.
Nas arquibancadas, à medida que o entusiasmo com a possibilidade do acesso crescia entre os torcedores, dentro das quatro linhas, os jogos iam se tornando mais difíceis para o Leão. Na quarta fase, a equipe do técnico Genildo Cavalcanti encarou Portuguesa Santista, Barretos e Olímpia. Com três vitórias, dois empates e uma derrota, o Capivariano conquistou o acesso à A3 em 2012 e também a vaga na final do campeonato.
O título não veio. Em casa, o Leão venceu o Independente por 2 a 0. Depois, perdeu fora pelo mesmo placar. Como o time de Limeira teve melhor desempenho na soma das quatro fases anteriores, ficou com a taça.
Mesmo assim, o Leão encerra a competição com uma certeza: a paixão do torcedor, que andava meio apagada, reacendeu. E a expectativa da torcida já se volta para 2012, quando o Leão disputa, com outros 19 times, a A3.

Vadinho Riccomini - Presidente do Capivariano F.C.

Eu já sabia
Em fevereiro, O Semanário entrevistou o presidente Capivariano, Osvaldo Agostinho Riccomini, o Vadinho. Na ocasião, faltando mais de dois meses para o início do Campeonato Paulista, ele garantia: 2011 será um ano diferente para o Leão. “Já estou há muito tempo no futebol. Estou visualizando este ano uma possibilidade muito boa para o acesso”, disse. Nove meses depois, a torcida comemora: o pressentimento de Vadinho se tornou realidade. Agora, é esperar por 2012 e por novos presságios positivos do presidente.

Romão, sinônimo de gol
Dos 71 gols do Capivariano no Campeonato Paulista, 27 foram marcados pelo centroavante Romão, de 21 anos. Sozinho, ele é responsável por quase 40% dos gols da equipe. O time fez 34 jogos na competição (19 vitórias, 9 empates e 6 derrotas). Romão tem uma média de 0,79 tentos por partida. Além disso, ele ultrapassou a marca do atacante Marcelo Nicácio (hoje no Ceará), que, em 2006, fez 24 gols pelo Votoraty, e se tornou o maior artilheiro da competição.
A nota triste para a torcida que se acostumou a comemorar os gols do camisa 9 é que dificilmente ele permanecerá no Leão para a disputa da A3. Com o término da Segundona, assim como Romão, outros atletas também devem deixar o Capivariano, afinal a boa campanha neste ano despertou o interesse de outras equipes.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
>>1XBET