DestaquesRegião

Asturba/Barca lança projeto para salvar o Rio Capivari

A entidade sem fins lucrativos Asturba/Barca, de Capivari, lançou o Projeto Rio Capivari, que tem como Lema “Quem riu, rio”. A Asturba/Barca é formada por 10 diretorias, entre elas Financeira, Jurídica, Cultura, Social, Causa Animal, Esportes, Educação, Mulher, Juventude e Meio Ambiente.

Através da Diretoria de Meio Ambiente, o objetivo do Projeto é desenvolver uma série de ações, num plano de trabalho de quatro anos, para recuperar o Rio Capivari. O projeto reúne mais de 50 voluntários, empresas parceiras e profissionais das diversas áreas ligadas ao Meio Ambiente.

“O nosso principal objetivo é melhorar a qualidade da água e consequentemente da vida do rio, impactando na vida de todos, em conexão com as futuras gerações. O projeto está aberto a todos os voluntários e empresas que queiram participar”, afirma Diogo Tedeschi (Gelinho), presidente da Asturba/Barca e gerente do projeto ao lado de Denise Gasparotto e Paulo Moretti.

rio-capivari
Voluntários pretendem mudar a história do Rio Capivari minimizando os danos causados (Foto: Arquivo/O Semanário)

Entre as ações do Projeto Rio Capivari, que pode ser visto por completo na página do Facebook da Turma da Barca, está a promoção de diálogo com as Prefeituras de Capivari, Rafard, Monte Mor e Campinas para discutir questões ligadas ao Consórcio PCJ, das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí.

Outras ações serão ligadas ao tratamento de esgoto destes municípios da região, e o levantamento de informações sobre os locais de tratamento e descarte de esgoto de Capivari, o que vai levar à algumas análises e comparações qualitativas.

O grupo também pretende realizar uma Ação entre Amigos para angariar recursos para a compra de um barco, que será destinado às ações como mutirão de coleta de lixo. Outras iniciativas do grupo serão as campanhas de conscientização e denúncias em casos de danos causados ao Rio de Capivari e suas nascentes.

Também serão feitas visitas nas nascentes do Rio Capivari e a coleta de amostras de água, nos municípios que margeiam o leito de rio, para um mapeamento periódico de observação. Outra iniciativa será o plantio de 1.000 mudas de árvores nativas nos municípios de Capivari, Rafard, Tietê, Porto Feliz, Mombuca, Rio das Pedras e Monte Mor.

Paulinho Moretti, Gelinho e Denise Gasparotto (Foto: Divulgação/Asturba/Barca)
Paulinho Moretti, Gelinho e Denise Gasparotto (Foto: Divulgação/Asturba/Barca)

“A diretoria da Asturba/Barca agradece a todos os voluntários, profissionais da área, ao grupo de Repovoamento do Rio, aos Caiaqueiros, Instituto Beira Rio de Piracicaba, em especial ao Gordo do Barco, a Cultura Artística, aos diversos pescadores que se mostraram felizes com a iniciativa, entre todos os demais colaboradores”, reconhece Gelinho.

Integrantes

No grupo de profissionais, a iniciativa conta com Karen Bertoldo, bióloga e especialista em Direito Ambiental e mestre em Conservação da Fauna; Diogo Pavan, biólogo e pós-graduando em arborização urbana; Marcos Cerezer Zério, técnico em Agropecuária e biólogo; Letícia Altafin, agrônoma, mestra e auditora federal fiscal Agropecuária; Murilo Pagotto, agrônomo; Sérgio Serrano, pós-graduado em Gestão Ambiental; Guilherme Campos Pagotto, com Licenciatura plena em Biologia/Pós Lato Sensu em Gestão Escolar; e Gabriel Prata, engenheiro florestal, Doutor / Pós-doc na Universidade da Flórida.

Apoiadores

O Projeto Rio Capivari conta com empresas parceiras como, a Drogaria Mega Econômica, a S.O.S Multicoisas, de Araras, a Pagotto Distribuidora de Acessórios Automotivos, o Carravero Materiais para Construção, Chama de Ouro, Capivari Automóveis, Cetec, Facilite Veículos, Rhomicrom, Projeto Verde, La Pirita Joalhery, Palmeiral, Amaral Pneus e Jornal O Semanário.quem-riu,-rio-asturba-rio-capivari

Ivanete Cardoso

Jornalista - MTB 57.303
Botão Voltar ao topo