Região

Correios: funcionários das agências da região não aderem à greve

A greve nacional deflagrada por funcionários da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) na quarta-feira, 14, não está afetando os serviços de entrega de correspondências e encomendas na região. Por meio de sua assessoria de imprensa, a ECT informou que os trabalhos nas agências de Capivari, Rafard e Mombuca seguem sua rotina normal, sem nenhuma adesão à paralisação.
Encabeçada pela Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), a greve não tem data para acabar. Em comunicado, a Fentect justifica que os funcionários optaram pela paralisação após a proposta da ECT ser considerada insuficiente em relação às reivindicações da classe.
Segundo a entidade, o governo federal propôs reajuste de 6,87% para repor a inflação, vale alimentação de R$ 25,00 e abono salarial de R$ 800,00. Por outro lado, a categoria reivindica aumento real de R$ 400,00, piso salarial de R$ 1635,00, reposição da inflação de 7,16% e R$ 30,00 de vale alimentação, entre outros pedidos.
De acordo com números divulgados pela assessoria de imprensa a ECT, em todo o país, a paralisação atinge cerca de 22% do efetivo total da empresa.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo