Editorial

Editorial

A construção das tão esperadas casas populares em Rafard já se tornou sinônimo de promessa não cumprida. Há anos, a história se repete. Entra e sai prefeito e o discurso é sempre o mesmo: “Construiremos novas residências”.
Com muita fala e pouco resultado, aqueles que aguardam ansiosos por moradia se tornaram céticos: é só ver para crer. Desde o primeiro semestre, há rumores de que, enfim, a Administração anunciará a construção de novas casas. Questões burocráticas, porém, como indicam os mandatários, tem atrasado o andamento do projeto. Mas, agora, dada a longa demora, alguns já começam a questionar se a dificuldade é apenas burocrática. Será mesmo que falta boa vontade, como cogitam más línguas por aí?
Uma coisa é certa: a população não aguenta mais esperar. Restam ainda pouco mais de 13 meses para o fim da gestão 2009/2012. Pelo bem de Rafard, espera-se que a Administração Minamioka cale os críticos e tire do papel aquilo que, até agora, existe apenas da boca pra fora: a construção de novas casas.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
>>1XBET
>>JADE