Editorial

Editorial – A gente paga!

Fechar os olhos e fingir que nada está acontecendo é covardia.
Aos poucos vamos sendo massacrados financeiramente pelas leis criadas pelo poder público, que na maioria das vezes, beneficiam apenas os mais poderosos.
Vamos relembrar algumas das novas taxas que começaram a figurar no nosso dia-a-dia nos últimos tempos?
Primeiro a chegada dos pedágios que nos cercaram, deixando a população como ratos em uma gaiola. Vai viajar? Visitar parentes e amigos? Trabalhar? Tem que pagar pedágio!
Em Capivari, a administração implantou o sistema Zona Azul para estacionar nas principais ruas da cidade. Não julgamos a atitude, afinal estava impossível trafegar pelo centro, não havia vagas. Porém, a medida mais rápida e fácil foi: quer estacionar? Pague!
O assunto do momento são os radares fixos e móveis, estrategicamente posicionados nas principais avenidas de Capivari. Contestados pelos locais, velocidade e outras coisas mais, eles estão a todo vapor, fabricando milhares de multas. Passou no vermelho ou acima do limite de velocidade? “Boletinho” de multa no fim do mês, fora os pontos na carteira de habilitação.
Aí, há poucas semanas, vem o acordo que proíbe o uso de sacolinhas plásticas Mais uma vez o maior lesado… adivinhe quem é: o “super” consumidor, obrigado a comprar sacolinhas biodegradáveis ou as outras opções oferecidas. Antigamente o valor era embutido nas mercadorias e todos usavam e abusavam, sem qualquer restrição por parte do comércio. Agora, tem que pagar! Os produtos baixaram? Não! A cesta básica subiu cerca de 3% no mês de janeiro. A gente paga tudo!
O salário mínimo subiu, subiram os valores das mercadorias, mas não no mesmo ritmo. Subiu aquele “pouquinho” a mais! Concorda?
Abre o olho!

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
>>1XBET
>>JADE