Rafard

Honrarias são entregues em Sessão Solene de Aniversário de Rafard na Câmara

O Legislativo Rafardense realizou na noite de quinta-feira, 22, no Plenário da Câmara Municipal, a Sessão Solene em comemoração ao 47º Aniversário de Emancipação Político-Administrativa de Rafard.
Na oportunidade, a empresária Maria Luiza Bresciani Quibáo recebeu o título de Cidadã Rafardense, entregue pelo vereador Armando Garcia Júnior.
O presidente da Casa de Leis, Rodolfo Minçon homenageou o Deputado Estadual Roberto Turchi de Morais, com o título de Cidadão Rafardense.
Os empresários José Carlos Darros e Sidnez Nala receberam o título de Honra ao Mérito, ofertado pelo vereador Mauro Savassa e Dídimo Alves Miranda.
Durante a solenidade festiva, também foram homenageados com o Título “Luis Hortolani”: Antonio Nunes da Costa (indicado pelo vereador Ilson Donizete Maia), Silvio Celso Boaventura de Almeida (Maria Luiza Peressin Bernardo), Coral São José (Ernesto Brigati), Rubens Fávaro (Sérgio Pompeu) e Sérgio Assalin (Fernando Moreira).
A cobertura do evento você confere na próxima edição.

Sessão Ordinária
A Câmara Municipal de Rafard realizou na última terça-feira, 20, a 4ª Sessão Ordinária, no plenário da Câmara, no Centro Cívico “Major Pires de Campos”.
Durante a sessão foi votado projeto de lei, de autoria do executivo municipal que prevê auxílio financeiro para cursos de especialização e pós graduação para os professores e diretores do Sistema Municipal de Ensino de Rafard. O projeto foi aprovado por unanimidade.
Na pauta da noite entraram requerimentos do vereador Armando Garcia Júnior (PTB) sobre ações da Diretoria de Saúde no sentido de orientar os pais a registrarem seus filhos no cartório de Rafard; informações do executivo sobre as intenções do município e da empresa Radar quanto à Casa onde Tarsila do Amaral nasceu e viveu parte de sua infância e sobre as soluções apresentadas e o tempo estimado para a solução da falta de abastecimento de água na Popular de Rafard nos finais de semana.
O vereador Rodolfo Minçon (PPS) em requerimento solicita ao Poder Executivo que se determinem informações e providências quanto à pavimentação do Distrito Industrial Municipal.
Além disso, houve indicações dos vereadores Sérgio Pompeu (PTB), Dídimo Alves Miranda (PSDB), Ilson Donisete Maia (PSD) e Maria Luiza Peressim Bernardo (PSD).
Também foi votada a moção de Pesar à família do Sr. Luis Carlos Dias, pelo seu falecimento, de autoria de Armando Garcia Júnior (PTB).
Na Tribuna livre falaram os vereadores Rodolfo Minçon (PPS) e Ilson Donisete Maia (PSD).

Com a palavra Rodolfo Minçon (PPS)
O vereador iniciou sua fala na tribuna afirmando não se preocupar com denúncias desde que feitas de forma correta, de acordo com o regimento. Disse que este é um ano eleitoral e que ele está presente, que o tribunal de contas decidiu que o concurso fosse feito. Acredita que houve tempo hábil para impugná-lo e que este não é o momento apropriado. O vereador Armando Garcia Júnior (PTB) comentou que houve um trabalho árduo para estruturar a casa de leis e que essas coisas podem destruí-la num instante. Afirmou que todos ali sabem das responsabilidades como homens públicos.
Minçon acrescentou que irá apurar o caso mas de forma correta. Disse ao vereador Moreira que ele deveria ter protocolado o pedido de denúncia e que então não daria oportunidade para que o vereador tumultuasse a sessão.
Minçon comentou que fez a última reforma pensando em ficar de frente para o público e não de costas como anteriormente. “Todos podem olhar a face de cada um, e saber quem é quem, então não vou me importar com qualquer forma que venha tentar denegrir minha imagem. Eu não sou alvo de bandido”, disse. Para o presidente, Rafard tem que ter políticos verdadeiramente comprometidos, interessados em fazer a cidade crescer.
Após discursar sobre o respeito à cidade de Rafard pelos políticos, Minçon anunciou que Rafard foi sorteada com uma creche no valor de R$ 1,3 milhão, cuja contrapartida é uma área de terra com escritura. Ou seja, a prefeitura terá que dispor de um terreno com documentação toda regularizada para receber os investimentos para a construção de mais uma creche. O presidente afirmou que Rafard começa a ter áreas de terra para que possa crescer pois os problema INCRA já foram resolvidos.

Ilson Donisete Maia (PSD)
Uil Maia disse que não admite pessoas com ficha suja ficar denegrindo a imagem de pessoas que trabalham na cidade. Afirmou que está em seu 5º mandato porque trabalha com respeito. Ele diz que os vereadores têm que ficar espertos, ver as coisas como elas são. Conta que há companheiros de administração passada que hoje respondem processos “por ter ido na conversa de outras pessoas assinando denúncias infundadas, assinando coisas erradas e estão respondendo processo”.
O vereador fala que foi procurado por mães, e que existe uma necessidade de 27 vagas na creche. Segundo ele há mães que aguardam local para deixar seus filhos e ir trabalhar. Maia cobra do poder executivo a finalização urgente da Creche Pró Infância defendendo que as mães precisam trabalhar e que as contas não esperam para ser pagas.
O vereador Armando Garcia Júnior pede uma parte e completa falando da vereadora Luisa, que foi selecionada para ser doadora de medula óssea. A medula da vereadora Luisa é compatível com a de alguém do exterior. “Agora ela salvará mais uma vida, dentre tantas vidas na saúde. É a primeira vez que ouço falar que alguém daqui tem uma medula compatível, e esta pessoa é ainda do exterior”, fala Armandinho.
Maia pede atenção para a 3ª idade. Ele argumenta que o ônibus que levava membros do grupo para a hidroginástica, em Capivari, foi cortado.
A 3ª idade tem mostrado que não importa a sua idade, onde está, leva o nome da cidade. Portanto, solicitou uma condução para levá-los novamente à hidroginástica.

Maria Luiza Peressin Bernardo (PSD)
A vereadora Luíza completa dizendo que a 3ª idade a procurou. Conta que o grupo foi à Diretoria de Cultura e ali foi informado que estão cortando gastos. Criticou a atitude: “Meu Deus, se for um gasto levar 2 vezes por semana com uma van para hidro ginástica então é o fim do mundo”. Luiza disse que as senhoras que fazem a hidroginástica se prontificaram até a pagar o combustível da van ou ônibus, que pode ser da educação. “Acho que deve ser revisto isso, para que volte a condução para levar essas senhoras para fazer a hidroginástica”, afirma.
Luiza comentou que quando foi notificada em relação à doação de medula óssea se sentiu muito privilegiada por dar um pouco de si para outra pessoa e que incentiva outras pessoas a fazerem essa coleta de sangue, para poder ajudar outras pessoas.
Aparte, o vereador Armando Garcia Júnior disse que quem deve estar muito feliz com isso deve ser Arnaldo Braggion, um dos idealizadores da campanha e do projeto. Braggion tem um filho que teve problemas de saúde e que precisou da doação de uma medula. O garoto está curado. “Então estão todos de parabéns porque vão estar salvando uma vida. Deus queira isso”, disse.
A próxima Sessão Ordinária do Legislativo rafardense acontece na terça-feira, 3, a partir das 20h.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo