Capivari

Paralisação de vigilantes fecha bancos da Caixa

A paralização de vigilantes da empresa Capital Segurança e Vigilância, que presta serviços para as agências da Caixa Econômica Federal prejudicou parcialmente o serviço de atendimento na região.
A abertura do banco só é permitida quando a segurança do cliente e funcionário está garantida, conforme a legislação. A expectativa é que a situação seja regularizada ainda esta semana.
Os vigilantes estão em greve desde quarta-feira (9), por conta do atraso no pagamento de salários e benefícios (PLR, vale-alimentação, vale-refeição e vale-transporte). Eles também lutam contra a suspensão do convênio médico há dois meses, que continuava sendo descontado da folha de pagamento, e do depósito irregular do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).
A assessoria da central de Campinas da Caixa Econômica Federal afirma ter adiantado o pagamento para a empresa Capital Segurança, para que os vigilantes acabem com a paralização e os atendimentos nas agências bancárias sejam normalizados.
Segundo Daniel Antonio de Oliveira, vice presidente e diretor administrativo do Sindicato dos Vigilantes de Piracicaba, que abrange Capivari, é apenas uma paralisação por falta de pagamento. Oliveira informa que desde o mês passado estão tendo problemas com a empresa Capital Segurança, porém, o valor do ticket já foi depositado para os funcionários. “Não podemos colocar em risco a segurança dos trabalhadores bancários e também da população. Não é por acaso que há uma legislação que estabelece um mínimo de vigilantes por agência, conforme o seu porte, para que possa abrir para atendimento ao público. Por outro lado, não podemos deixar de ser solidários aos vigilantes, que merecem ser mais respeitados em seus direitos pelas empresas de segurança, estamos do lado do trabalhador”, declarou Oliveira.
Por telefone, a empresa Capital Segurança e Vigilância alegou que desde sexta-feira (11), até terça-feira (15), fizeram os pagamentos dos vigilantes. Indagados sobre a causa do atraso, a empresa não quis dar maiores informações.
A Capital declarou ainda que apenas 19 vigilantes não tiveram seus salários depositados, mas que o problema seria resolvido até quarta-feira (16).
De acordo com o funcionário José Luiz Camargo, vigilante da agência bancária da CEF Capivari, o atraso existiu e houve paralisação na quarta-feira, 9, porém, após a confirmação do pagamento na segunda-feira (14), os trabalhos foram normalizados na terça-feira (15). Desde então, a Caixa Econômica Federal de Capivari atende normalmente ao público.
A paralisação sobrecarregou o atendimento nas casas lotéricas, que serviram como alternativa para quem precisou realizar serviços bancários.
Na quinta-feira (17), a paralisação foi encerrada e as 47 agências da Caixa Econômica Federal da região funcionam normalmente.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
>>1XBET
>>JADE