CapivariDestaques

Parte do museu de Capivari desabou na noite de quarta-feira (4)

desabamento-museu-capivari-2020
Foto enviada pelo leitor na manhã desta quinta-fera (5) mostra parte do prédio do museu que desabou

Rachaduras, mato alto, pintura descascada e a queda de tijolos evidenciavam o abandono do prédio do Museu Histórico Pedagógico Doutor Cesário Motta Júnior, em Capivari.

O imóvel foi fechado há cerca de sete anos por apresentar problemas estruturais. Desde então, se arrastava um projeto de reforma, negociado pela Prefeitura de Capivari e o Governo do Estado de São Paulo.

No entanto, a morosidade culminou no que todos já previam. Na noite da última quarta-feira (4), por volta das 23h, parte da estrutura do prédio desabou. Segundo informações, ninguém ficou ferido. A Defesa Civil isolou o local e avalia os danos.

A parte que desabou fica ao lado do corredor de passagem dos ônibus do transporte público, no Terminal Rodoviário de Capivari.

O Museu Histórico Pedagógico Doutor Césaior Motta Júnior foi construído em 1957 e pertence ao Governo do Estado de São Paulo. O espaço também abrigava a Biblioteca Municipal João Batista Prata.

Restauração

Em junho de 2019, de acordo com a CPOS (tabela oficial de preços do Estado), o montante necessário para a restauração era de R$ 969.691,48. Agora, este valor deve aumentar, sem dizer da opção em que o prédio possa ser demolido.

Acervo

Em 2013, a administração municipal formalizou a locação de um novo prédio, localizado na Rua Barão do Rio Branco, Centro, para abrigar o acervo pertencente ao Museu. Hoje, este acervo está alocado no salão da ASAS.

O acervo é composto por uma coleção de mais de dois mil objetos do final do século XVIII ao século XIX, além de obras de arte, fotografias, mobiliário, numismática, objetos domésticos e arqueológicos, objetos antropológicos e etnográficos relativos à ciência e história natural, objetos referentes a revolução de 1932, objetos que remetem a escravidão e tecnológicos.

O prédio também já abrigou a cadeia pública do município e o fórum antes de se tornar museu.

Nota

A Prefeitura de Capivari vem a público esclarecer que na noite desta quarta-feira (4) uma das paredes do Museu Municipal Dr. Cesário Motta Júnior desmoronou, e a Defesa Civil esteve pelo local para avaliar os danos causados ao prédio, que é de propriedade do Estado, e patrimônio histórico. O local permanece isolado para a não entrada de pessoas. A Defesa Civil está avaliando a situação do prédio e tomando medidas preventivas para a proteção do local.

Vale destacar que o prédio, construído em 1957, foi interditado pela própria Prefeitura em 2013, devido a problemas estruturais, e seu acervo foi transferido para outro local. Por se tratar de imóvel de propriedade do Estado de São Paulo, o custeio para a reforma (orçada em cerca de R$1 milhão) deve partir do Governo. No dia 16 de janeiro de 2018 a Prefeitura entregou projeto para a reforma ao Diretor de Obras da Secretaria da Cultura do Estado para o restauro e reparo, mantendo as características históricas.

No momento, o prefeito de Capivari está em contato com o secretário de Cultura do Estado de São Paulo, Sérgio Sá Leitão.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar