Região

Polícia Militar de Rafard usa tecnologia para agilizar ações

A Polícia Militar do Estado de São Paulo está usando mais tecnologia em suas ações para agilizar o atendimento e a busca de dados e informações.
Desde janeiro, as 11 mil viaturas do Estado já estão equipadas com tablets. Mas o sistema foi implantado inicialmente em 3 mil viaturas da capital paulista e região metropolitana, em agosto de 2011. O novo sistema está ajudando na gestão de operações. Ele localiza viaturas e recebe ocorrências e detalhes do que está acontecendo. Logo após aceitar as informações no tablet, uma rota é gerada para que os policiais encontrem o caminho mais rápido.
Projetado por uma empresa mineira, o primeiro tablet é 100% desenvolvido no Brasil. Seu projeto tomou R$ 4 milhões. Mais robusto do que tablets destinados aos usuários domésticos, ele é equipado com tela LCD de sete polegadas, processador de 800 MHz e memória flash de 512 MB.
O tablete da Polícia Militar também conta com Android 2.2, Ethernet, Wi-Fi, Bluetooth, modem 3G, GPS, saída HDMI, saída de áudio e entrada para microfone, receptor de TV digital, câmeras frontal e traseira e entrada USB.
O Governo do Estado investiu R$ 23,1 milhões na compra dos tablets. Foram comprados 16,5 mil aparelhos, sendo 11 mil para as viaturas e o restante para o policiamento com motocicletas.
Para os policiais Cabo André Luiz Escrivano, de Rafard) e Edson Akio Matumoto, de Capivari, este sistema em todas as viaturas de São Paulo melhora muito o trabalho da Polícia. Eles explicam que os bombeiros e os carros da Polícia Rodoviária também estão equipados com a nova tecnologia.
Os policias comentam que o novo equipamento tem um GPS para localização de ruas e faz pesquisa de pessoas e veículos. E que cada tablete é fixado numa viatura.
“Antes era preciso se comunicar pelo rádio e demorava muito para resposta”, falam os policiais. Eles garantem que os novos aparelhos permitem acessar bancos de dados civis e criminais, registrar boletins de ocorrência e criar anotações e relatórios. O GPS integrado ao tablet informa ao comando o melhor roteiro para chegar ao local da ocorrência e, consequentemente, reduz o tempo de deslocamento.
Segundo suas informações, as motos ainda não estão equipadas com a nova tecnologia mas já existem projetos futuros.
Na Guarda Municipal de Rafard e Capivari também existe o projeto para instalação dos tabletes nas frotas, mas não há previsão.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
>>1XBET