Capivari

Portadores de necessidades especiais podem solicitar auxílio transporte da Prefeitura

Uma lei sancionada pelo
prefeito Luís Donisete Campaci
(PMDB) permite à Prefeitura
conceder auxílio financeiro
para que portadores de
necessidades especiais, físicas
e mentais possam custear gastos
de transporte com consultas
médicas, tratamentos, prática
de atividades físicas e cursos
de capacitação e reabilitação.
Conforme a lei 3892/11, o
auxílio será oferecido apenas
aos portadores de necessidades
especiais e a um acompanhante
(quando necessário),
compreendendo os portadores
de deficiência física (aqueles
que apresentem qualquer redução
ou ausência de membro ou
função física), sensorial (aqueles
que apresentem deficiência
visual ou deficiência auditiva)
e mental (aqueles que apresentem
coeficiente intelectual (QI)
abaixo da média).
Segundo a Prefeitura, a
intenção foi regulamentar o
transporte destas pessoas, que
antes era ofertado por empresas
de ônibus e que, após ter
sido cortado, não poderia ser
ofertado pela Prefeitura, caso
a lei não existisse.
Para receber o benefício, o
interessado deve que ser morador
de Capivari há mais de
um ano, apresentar laudo assinado
por médico devidamente
habilitado atestando a deficiência
e/ou incapacidade, ter a
distância máxima da viagem
em no máximo 360 km (entre
ida e volta) e apresentar mensalmente
o documento comprobatório
de frequência.
Campaci explica que, se o
município não possui serviços
e cursos específicos para as
pessoas portadoras de necessidades
especiais, deve colaborar
para que elas tenham acesso
aos municípios vizinhos
que ofereçam estes serviços.
“Criamos a Diretoria de Acessibilidade
para trabalharmos
toda a questão de acessibilidade,
visando mais qualidade de
vida para as pessoas que mais
necessitam e, dentro deste
contexto, temos buscado trazer
cursos específicos e incentivar
a participação das pessoas
portadoras de necessidades
especiais nestas atividades.
No entanto, não podemos trazer
tudo para Capivari e, por
isso, é fundamental que estas
pessoas continuem tendo o auxílio
transporte e frequentando
as atividades que já faziam
antes”, diz.
Os interessados em obter
o auxílio transporte deverão
procurar a Secretaria de Inclusão
e Desenvolvimento Social,
localizada na rua Tiradentes,
560, centro. Mais informações
podem ser obtidas pelo telefone
3491-1645.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
>>1XBET