DestaquesRafard

Quedas de energia voltam a incomodar

Moção de Repúdio foi aprovada por unanimidade na primeira sessão ordinária de 2020 (Foto: Túlio Darros/O Semanário)

Rafard voltou a sofrer com quedas constantes de energia. O problema vem se intensificando e o serviço é interrompido quase que diariamente na cidade. Sem energia, as casas, comércios e indústrias, que recebem água de poços artesianos, também ficam sem o abastecimento, que depende de eletricidade para bombear a água.

O escritório do jornal O Semanário, por exemplo, que fica na Rua Domingos Ruzza também sofre com as constantes interrupções. Segundo o proprietário Túlio Darros, o consumidor fica com um prejuízo muito maior do que os descontos na conta de energia.

“Além disso, corremos o risco de termos que arcar com a queima de aparelhos eletrônicos”, relata.

Segundo Darros, é preciso que a população se mobilize e crie chamados para analisar a qualidade da energia em suas ruas e identificar o porquê das constantes paralisações.

“Peço que todos os moradores que estiverem sofrendo com isso liguem no 0800 010 10 10 da CPFL e façam a reclamação da qualidade da energia, relatando as constantes quedas”, conclui.

O consumidor de energia elétrica deve se dirigir primeiramente à concessionária de distribuição. Caso não obtenha resposta à solicitação ou se a solução apresentada não for satisfatória, pode recorrer à Agência Estadual Conveniada e, posteriormente, à Aneel, por meio do telefone 167, que atende 24 horas por dia, sete dias por semana.

Repúdio

Os vereadores Alex Sandro Domingues Santos e Alexandre Ferraz Fontolan apresentaram na sessão ordinária da última terça-feira (4), uma moção repudiando o atraso nas ligações de energia elétrica no loteamento São Francisco e os constantes cortes de energia em Rafard.

A moção foi aprovada por unanimidade e recebeu apoio de todos os vereadores.

“Os moradores do loteamento São Francisco já pagaram pelos serviços de ligação junto à CPFL em outubro de 2019 e estão aguardando até agora a ligação”, justificam os autores.

O outro lado

Questionada, a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL Paulista) enviou a seguinte nota:

“A CPFL Paulista informa que seus representantes se reunirão nesta quinta-feira (06) com representantes do executivo e legislativo de Rafard. A empresa reforça que está investindo cerca de R$ 465 mil para a construção de um novo circuito alimentador para a cidade. Com as obras, os clientes passam a ter acesso a uma segunda fonte de abastecimento de energia elétrica, que pode ser acionada em casos de ocorrências com o primeiro circuito. O investimento trará maior confiança e flexibilidade ao fornecimento da região.
A companhia esclarece que a rede de energia está sujeita a fatores que vão além da sua responsabilidade, como, por exemplo, tempestades, colisão de veículos contra postes, interferência de pipas na rede, vandalismo, furto de materiais, entre outros. O sistema é projetado para suportar condições normais de operação, incluindo chuvas. Porém, alguns eventos de intensidade atípica, como a queda de árvores, podem exceder a resistência dos equipamentos, causando interrupções.
Vale mencionar também que a distribuidora levará para a Prefeitura uma proposta para a adesão do município ao programa Arborização + Segura. Por meio da iniciativa, a companhia doa para o poder público mudas de espécies que possuem porte adequado para o plantio sob a rede de energia elétrica, o que reduz a necessidade de podas e aumenta a segurança da população, sem perda na cobertura de sombreamento de ruas e avenidas.”

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar