Capivari

Saúde de Capivari passa a oferecer tratamento preventivo ao HIV, a partir de segunda-feira, dia 04

Mais uma boa notícia para os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), em Capivari. A partir da próxima segunda-feira, dia 04, o Ambulatório de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), passa a oferecer o tratamento de preventivo ao HIV.

O atendimento é para grupos com maior potencial de infecção como homossexuais, profissionais do sexo, pessoas transexuais e as que possuem parceiro soropositivo. Porém, outras pessoas também pode procurar o atendimento caso sintam necessidade.

Foto: Reprodução internet

Conhecido como PreP, Profilaxia Pré-exposição, o tratamento deve ser conciliado ao uso de preservativo, pois não previne outras doenças sexualmente transmissíveis ou gravidez.

Esse é mais um serviço que o município passa a oferecer à população de Capivari, mas que também vai atender Rafard, Elias Fausto e Mombuca.

O tratamento é composto por um comprimido que deve ser ingerido diariamente, todos os dias. A eficácia começa entre sete e 20 dias após o início do uso do PreP.

As pessoas que tiverem interesse em começar o tratamento, devem procurar o IST, na rua Bento Dias, 265, no Centro, de segunda a sexta, das 8h às 11h, com cartão SUS, documento com foto, CPF e carteira de vacinação.

O paciente será atendido por uma equipe multidisciplinar, composta por médico, enfermeiro, psicólogo, assistente social e farmacêutico, além de realizar uma série de exames para avaliar condições de saúde.

Caso seja aprovado o tratamento, o paciente recebe um frasco com comprimidos para 30 dias, devendo retornar todo mês e passar por uma bateria de exames e avaliações.

Em Capivari, a maior incidência de contaminados por HIV está em pessoas entre 19 e 29 anos, de ambos os sexos. De acordo com a secretária da Saúde, Vládia Guimarães, o trabalho dos profissionais do ambulatório IST da cidade é diferenciado.

“Eles fazem palestras, campanhas e desenvolvem o Fique Sabendo, que faz busca ativa através de testes rápidos.

É uma equipe diferenciada, que está trazendo grandes resultados, inclusive com mais essa conquista, um tratamento preventivo muito importante”, comentou.

De acordo com a coordenadora do Ambulatório IST/HIV/AIDS/Hepatites Virais, todos os Postos de Saúde dos bairros fazem os testes rápidos para doenças sexualmente transmissíveis e disponibilizam preservativos.

Ela ressalta a importância da adoção de métodos preventivos para diminuir o risco de contrair infecções sexualmente transmissíveis.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Skip to content