RafardRegião

Vereadores de Rafard acumulam 92 anos no poder

Uma pesquisa realizada pela reportagem do jornal O Semanário Regional na última semana, mostra que os 9 vereadores de Rafard somam juntos, 92 anos de mandato. Na média, cada parlamentar está na Câmara de Rafard há 10,22 anos, ou há quase três legislaturas, levando-se em consideração que cada legislatura possui 4 anos.
Os campeões de permanência no poder são os vereadores Armando Garcia Júnior (PTB) e Ilson Donizete Maia (PSD), ambos com 20 anos de vereança. O vereador do PTB teve 2 mandatos de 6 anos, nos períodos de 1º de fevreiro de 1977 a 31 de janeiro de 1983 e de 1º de fevereiro de 1983 a 31 de dezembro de 1988 .
Na sequência, aparecem os vereadores Sérgio de Jesus da Cruz Valêncio Pompeu (PTB), Fernando Qualiato Moreira (PDT), Mauro César Piffardini Savassa (PSDB) e Maria Luiza Peressim Bernardo (PSD), há 8 anos consecutivos no poder. Depois seguem Ernesto Brigati (PMDB), também há 8 anos no mandato, porém não consecutivos. Seu primeiro mandato foi de 1997 a 2000.
O vereador Dídimo Alves Miranda (PSDB) soma 8 anos na casa, porém não em mandatos consecutivos. Seu primeiro mandato foi de 2005 a 2008. Miranda era suplente do vereador Fábio Quagliato (PDT) e no ano passado assumiu a cadeira, após o afastamento de Quagliato.
O mais novo na casa é o atual presidente da Câmara, o vereador Rodolfo Antônio Minçon (PPS), que está no seu primeiro mandato.

Em Capivari, média
é de quase 6 anos
Na vizinha Capivari, os 9 vereadores acumulam 52 anos no poder, uma média de 5,77 anos na Casa de Leis.
Os vereadores que ocupam as cadeiras há mais tempo, ou seja 8 anos, são o atual presidente Vítor Hugo Riccomini (PTB), os vereadores Nelson de Sousa Soares (PR), que no primeiro mandato era suplente, Valdir Antonio Vitorino (PDT), também suplente no primeiro mandato e Rodrigo Abdala Proença (PPS), no 2º mandato.
Os vereadores Edson José Bombonatti (PDT), Gilceane Orosco Malto (DEM), Mateus Scarso (PMDB), Arnaldo Annicchino Nacarato (PSD) e Jorge José Elias (PMDB) estão no 1º mandato e completam 4 anos no final desta legislatura.

Reeleição limitada
O cientista político Rogério Schmitt, da Tendências Consultoria, diz que as taxas de reeleição no Brasil são menores se comparadas com alguns países e que há pontos positivos na reeleição de parlamentares.
“Uma das habilidades políticas mais importantes que um deputado, que um senador precisa ter é conhecer o regimento da Câmara, do Senado, saber como as coisas funcionam, as comissões, o plenário, as bancadas dos partidos. Se você limita em dois mandatos, começa a tirar do Congresso os deputados mais experientes. Fica um excesso de calouros que vão passar por um período de adaptação, vão conhecer muito pouco sobre o funcionamento do Congresso. Isso pode afetar a produtividade legislativa, tornar mais fácil ainda a vida que o governo costuma ter com o Congresso, de sempre conseguir aprovar seus projetos”, opinou.
Já na avaliação do cientista político Valeriano Mendes Ferreira Costa, professor da Unicamp, a extensa permanência no poder é prejudicial à democracia. O professor afirma que o fato aponta para uma relação clientelista, baseada em favores políticos.
Por enquanto, quase todos os atuais vereadores, dos novatos aos mais experientes, se dizem pré-candidatos à reeleição no próximo pleito, em outubro, exceto alguns que já lançam seus nomes como possíveis candidatos ao executivo municipal.
Para Ferreira Costa, o vereador constrói uma relação baseada em trocas, na qual consegue uma base e consolida seu trabalho em determinada região.
Para o cientista uma eventual confusão do cidadão sobre o papel do vereador e suas possibilidades reais de atuação é favorável à eleição dos políticos considerados tradicionais. Costa apontou ainda que a existência desses políticos tradicionais, que não almejam cargos públicos maiores, impede a modernização da administração pública, à medida que o contexto não estimula mudanças.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
>>1XBET