Capivari

Vereador Denilton Rocha alerta para documentação de alunos que ainda estão no prédio da Cnec

Foto: Divulgação/Câmara de Capivari

O vereador Denilton Rocha (MDB) externou em tribuna a sua preocupação em relação a duas questões que envolvem o fechamento da unidade de Capivari da Campanha Nacional de Escolas da Comunidade (Cnec).

A primeira é sobre o prédio, que está se deteriorando. O vereador disse ter conhecimento de que a prefeitura está tentando reaver o imóvel e espera que isso aconteça.

O segundo problema levantado é que todos os documentos dos alunos que passaram pela Cnec desde 1936 (ano de fundação da unidade de Capivari) ainda estão no prédio.

“Entendo que os documentos da educação infantil ficarão na Diretoria de Ensino da cidade.

A minha preocupação é com os documentos do ensino superior, que provavelmente deverão ser enviados para a unidade mais próxima, que até onde sei, é no Rio de Janeiro”, explicou.

O parlamentar tem o receio de que isso dificulte o acesso dos alunos que ainda não retiraram seus diplomas e seus históricos escolares.

“Por isso, já enviei um ofício à Cnec Nacional para que avaliem a possibilidade de manter um espaço aqui na cidade para que os estudantes retirem seus documentos.

Entrarei em contato pessoalmente com o responsável para reforçar esse pedido.”

Educação Municipal

Denilton convidou os vereadores para acompanhá-lo nas visitas que fará às duas creches que estão em obras no município (bairros Santa Teresa D’Ávila e Santa Maria). De acordo com o vereador, o ex-prefeito inaugurou uma das creches no ano passado antes das obras serem concluídas.

“Apenas 75% das obras estão finalizadas e não têm profissionais para trabalhar no local devido à lei nº 173/2020 [do Governo Federal que proíbe contratações em 2021].” Para ele, a inauguração antecipada soa como “desespero do antigo prefeito”.

Os profissionais da Educação foram parabenizados pelo parlamentar em tribuna pelos esforços em manterem com qualidade o ensino à distância.

Ele adiantou que entrará com um requerimento para que seja feito um estudo para o pagamento dos 40% que faltam da equiparação salarial dos professores da Rede Municipal, e que pretende estudar juridicamente a possibilidade de alterar o Plano de Carreira do Magistério, ampliando a opção de escolha do professor do dia para a realização do HTPC.

“Em alguns casos, o dia do HTPC coincide com o dia de aula no Estado e isso dificulta para o professor, que às vezes tem que abandonar um dos empregos.”

Botão Voltar ao topo
Skip to content