Capivari

Vereador Thiago Braggion critica presidente da Câmara por “engavetamento” de projeto de lei da Prefeitura

O vereador Thiago Braggion (União Brasil) usou a tribuna na noite de segunda-feira, 06, para demonstrar seu descontentamento pelo fato do projeto de lei nº 129/2022, de autoria do Poder Executivo, não ter entrado no expediente da última sessão ordinária. A propositura foi protocolada na semana passada na Câmara Municipal de Capivari.

O parlamentar questionou a atitude do presidente, Du Tambú (Republicanos), de não ter despachado o projeto para que os demais vereadores pudessem estuda-lo.

Vereador Thiago Braggion. Foto: Divulgação/Câmara de Capivari

“Nos disse hoje que está estudando. Se ele tem o direito de estudar, por que os outros vereadores não têm o direito de estudar?”, indagou.

De acordo com o parlamentar, o projeto de lei trata de algumas melhorias para o munícipio, dentre elas as revitalizações das avenidas Josefina Giovana Rossi e Brigadeiro Faria Lima, a pavimentação da rua Piracicaba, no bairro Bosque dos Pinheiros, e duplicação da ponte no final da via, construção de acesso regular do loteamento Imperial/Pinhalzinho e obra de ligação entre os bairros Moreto e Jardim Elisa.

“E hoje, quando a gente tem a oportunidade de fazer o melhor, a gente não tem porque está engavetado esse projeto.”

Braggion ressaltou que é a primeira vez que um projeto não é pautado dentro da Casa de Leis:

“Não vou aceitar bem individual aqui, não vou aceitar. E se começar politicagem, a gente vai partir para outros métodos. Vamos procurar o Ministério Público, vamos procurar o direito das pessoas de Capivari, da população”.

O parlamentar disse ainda que faz parte da tramitação normal da Câmara que os projetos entrem no expediente e sigam para a análise das comissões permanentes.

“Temos as comissões aqui, como o senhor já defendeu em tribuna, têm falas suas aqui, senhor presidente, falando que as comissões tem que analisar os projetos. Agora, pergunto aos vereadores das comissões, chegou algum projeto para vocês? Entrou na matéria? Não entrou.”

Ele fez um apelo para que a propositura entre no expediente da próxima sessão ordinária.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
>>1XBET