DestaquesRafard

CDHU homologa empreiteira vencedora; contrato deverá ser assinado nos próximos dias

fato novo editorial casas populares rafard
Foto: Túlio Darros/O Semanário

Após inabilitar a empresa vencedora da licitação que finalizaria as 70 unidades restantes do conjunto habitacional Lurdes Abel, em Rafard, a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), homologou a contratação da nova prestadora do serviço.

Na terça-feira (5), a comissão permanente de licitações da companhia inabilitou a Vitória Construções. O recurso foi interposto pela segunda colocada, L2 Engenharia, que denunciou irregularidades na documentação do CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia).

A sessão de prosseguimento e abertura do envelope de documentação da L2 Engenharia, então segunda colocada no certame, foi aberto na última sexta-feira (8).

Segundo a CDHU, a empresa atendeu toda documentação exigida pelo edital e foi homologada como vencedora da licitação. A L2 Engenharia apresentou proposta de R$ 750.413,49 e concedeu 13,12% de desconto sobre o valor orçado. O custo da obra ficará em R$ 730.327,13.

Na manhã desta terça-feira (12), o diretor técnico da CDHU, Aguinaldo Quintana, informou à reportagem d’O Semanário, que a homologação foi publicada hoje no Diário Oficial e, em poucos dias, o contrato será assinado.

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar